Rosa Nunes é candidata socialista à Câmara de Castro Marim em 2021

  • Print Icon

O Partido Socialista (PS) de Castro Marim aprovou por unanimidade a propositura de candidatura de Rosa Nunes à Câmara Municipal de Castro Marim nas próximas eleições autárquicas de 2021.

Em plenário, Rosa Nunes começou por apresentar os motivos da sua candidatura.

«Candidato-me à presidência da câmara municipal Castro Marim, concelho que me acolheu nos meus primeiros anos de vida profissional e que ficará para sempre no meu coração. Tenho consciência do que este concelho precisa, uma politica honesta e acima de tudo verdadeira que nos permita retomar a confiança, a esperança, a economia e sobretudo melhorar a qualidade de vida destas gentes que tanto acarinho».

Declarou ainda que irá trabalhar com afinco para o desenvolvimento económico de Castro Marim com o objectivo de atrair população, para o litoral e interior do concelho, baixar o Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI) e criar condições e variados incentivos à fixação de população, contrariando a desertificação que se tem detectado nos últimos anos.

«Aproveitar o vasto património cultural do concelho e toda a sua frente mar para o desenvolvimento de rotas turísticas tornando este concelho um destino de referência», é também uma das bandeiras da candidata.

Rosa Esmeralda Marques Guerreiro Nunes tem 54 anos de idade, casada com dois filhos, Licenciada em Engenharia Civil.

Desempenhou funções como técnica na Câmara Municipal de Castro Marim e foi Presidente do Centro de Cultura e Desporto do Pessoal da Câmara Municipal de Castro Marim.

Desempenhou funções na Câmara Municipal de Tavira, como técnica e técnica superior, ficando com a responsabilidade total no licenciamento e acompanhamento dos loteamentos do Concelho.

Foi vereadora na Câmara Municipal de Castro Marim entre 2005 e 2009.

Desempenhou funções como chefe de Divisão de Planeamento e Gestão Urbanística no município de Tavira.

Desempenhou funções como chefe da Divisão de Gestão Urbanística e Obras Particulares.

Desempenhou funções como técnica superior no Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), no DCNF-ALG/DLAP.

Atualmente exerce funções no ICNF/DRCNF – Algarve como chefe de Divisão das Áreas Classificadas e Cogestão das Áreas Protegidas.