Rogério Bacalhau demite conselho de administração da Ambifaro

  • Print Icon

O presidente da Câmara Municipal de Faro Rogério Bacalhau fez saber esta sexta-feira, 19 de julho, que na qualidade de representante do acionista «município» na Assembleia Geral da Ambifaro, Gestão de Equipamentos Municipais – Empresa Municipal, decidiu hoje destituir o conselho de administração da empresa e nomear novos titulares.

Assim foi destituída a presidente do conselho de administração da Ambifaro Sandra Ramos, que é agora substituída pela vereadora Sophie Matias.

São vogais Adriano Guerra (que substitui a nova presidente nas suas faltas e impedimentos) e também Carlos Baía.

Os três são vereadores a tempo inteiro, o que não representa mais encargos para a autarquia.

Além disso, consoante o que a autarquia revelou ao «barlavento», também Hugo Geraldo, diretor-geral do Mercado Municipal, foi destituído do cargo, passando o mesmo a ser ocupado por Vanda Vicente.

Ainda segundo a mesma fonte, tanto Sandra Ramos e Hugo Geraldo regressam aos seus cargos antigos de técnicos.

Segundo a Câmara Municipal de Faro, «esta decisão prende-se com a necessidade imperiosa de defender o interesse público, através da conservação de um clima de total estabilidade e serenidade na relação da Ambifaro E. M. e do Mercado Municipal com os colaboradores da empresa, com os operadores».

«E, ainda, com todos os parceiros, factores que consideramos essenciais para a assunção dos importantes desafios que se avizinham e para a manutenção do caminho de recuperação da credibilidade e da operacionalidade do Mercado Municipal e da Ambifaro E. M».

A autarquia acrescenta ainda que «a nossa atuação sempre se pautou pela defesa intransigente dos princípios da legalidade, do rigor e da transparência, pelo que reafirmamos a nossa total disponibilidade para continuarmos a colaborar com as autoridades em todas as diligências que estas entendam necessárias e, designadamente, na investigação que está em curso».

Rogério Bacalhau mantém «a sua confiança pessoal em todos os membros e colaboradores do universo municipal, em quem, até prova em contrário, sempre acreditará sem reservas».

A decisão de remodelar o conselho de administração da Ambifaro, Gestão de Equipamentos Municipais – Empresa Municipal, vem no seguimento da operação «Mercado Aberto» da Polícia Judiciária, no dia 9 de julho.

A investigação, tutelada pelo DIAP de Faro, levou a efeito uma operação policial com o cumprimento de buscas domiciliárias e não domiciliárias, na autarquia de Faro, numa empresa municipal da cidade, bem como em escritório de advogado.

Em causa estão crimes de participação económica em negócio, corrupção passiva e ativa, peculato, prevaricação e abuso de poderes.