PSD debate Orçamento de Estado 2023 em Albufeira

  • Print Icon

Luís Montenegro, presidente do Partido Social Democrata (PSD), vem  a Albufeira debater o Orçamento do Estado (OE) 2023.

Luís Montenegro, presidente do Partido Social Democrata (PSD) e o secretário-geral, Hugo Soares, os vice-presidentes e o líder parlamentar iniciam uma deslocação a todos os distritos do país sob o lema «Construir a Alternativa», que contará também com a participação dos dirigentes distritais.

A iniciativa insere-se no âmbito da discussão do Orçamento de Estado (OE) para 2023 e tem como objetivo debater com os militantes as falhas do documento apresentado pelo Partido Socialista e sugerir as propostas alternativas.

No Algarve, a data marcada é sábado, dia 12 de novembro, às 15h15 no Hotel Paraíso, em Albufeira.

Para Cristóvão Norte, presidente do PSD Algarve, «este Orçamento de Estado vai ser muito difícil para todos os portugueses. A inflação está descontrolada, os juros disparam e o país tem uma dívida muito elevada, o que a juntar a graves insuficiências nos serviços essenciais, como a saúde, não são bons augúrios. E com um governo incapaz de atacar os problemas, é tudo ainda pior».

Em relação ao Algarve, o Norte mostra-se pessimista: «o que consta com verbas no Orçamento? A requalificação da EN125, não. O Hospital Central do Algarve, não. A eletrificação da ferrovia está atrasada. As obras nos Portos de Portimão e de Faro, não constam. As medidas da água, tardam. As políticas de habitação não avançam. As portagens vão crescer 10 por cento. O que sobra? Em geral, o governo não tem as políticas certas, e nas áreas que as tem não as concretiza em tempo».

O PSD Algarve, em articulação com os deputados do Grupo Parlamentar do PSD eleitos pela região, vai apresentar propostas de alteração do Orçamento que serão conhecidas nos próximas dias.

Na jornada em Albufeira estará também presente Inês Palma Ramalho, vice-presidente da Comissão Política Nacional do PSD.