Portimão volta a encerrar o bloco de partos este fim de semana

  • Print Icon

Portimão volta a encerrar o bloco de partos durante o fim de semana com possibilidade de transferência de crianças e jovens para Faro.

Os deputados do Partido Social Democrata (PSD) eleitos pelo círculo de Faro tomaram conhecimento, esta sexta-feira, de um novo encerramento do bloco de partos da Urgência Obstétrica da Unidade de Portimão, integrada no Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA), até às 9h00 do dia 04 de julho, devido à falta de pediatras.

«A falta de pediatras é um problema recorrente com consequências graves para a assistência à população. Mais grave é a possibilidade que se ventila de vir a transferir para Faro crianças e jovens internadas em Portimão devido à falta de clínicos. Como se não bastasse o encerramento do bloco de partos, esta nova circunstância ultrapassa os limites do aceitável nos dias que correm», dizem os parlamentares em nota enviada ao barlavento.

Os deputados Luís Gomes, Rui Cristina e Ofélia Ramos instam, assim, o Ministério da Saúde a esclarecer toda esta situação «que tanto prejudica as grávidas, as crianças e os jovens que vivem no Algarve».

«A ministra da Saúde e o PS têm demonstrado uma total falta de respeito com a população do Algarve. É preciso descaramento para num dia pintar um Serviço Nacional de Saúde (SNS) cor-de-rosa e no dia seguinte permitir o encerramento de unidades hospitalares deixando milhares de pessoas sem uma resposta adequada».