Costa pede contributos dos portugueses para o Plano de Recuperação

  • Print Icon

António Costa pede contributos dos portugueses para o Plano de Recuperação e Resiliência.

O primeiro-ministro, António Costa, apelou aos portugueses para que participem com contributos para o Plano de Recuperação e Resiliência do governo, hoje colocado em consulta pública.

«Está em consulta o Plano de Recuperação e Resiliência, a vitamina que nos vai ajudar a sair da crise e tornar o país mais resiliente, verde e digital. Consulte e participe. Dê o seu contributo para o futuro de Portugal», escreveu o primeiro-ministro, na sua conta na rede social Twitter.

O Plano de Recuperação e Resiliência que Portugal apresentou para aceder às verbas comunitárias para fazer face às consequências da pandemia de COVID-19 prevê 36 reformas e 77 investimentos nas áreas sociais, clima e digitalização, correspondentes a um total de 13,9 mil milhões de euros de subvenções.

Depois de um primeiro esboço apresentado à Comissão Europeia em outubro passado e de um processo de conversações com Bruxelas, o governo português colocou hoje a versão preliminar e resumida deste plano em consulta pública.

Segundo o executivo, foram definidas três «dimensões estruturantes» de aposta: resiliência, transição climática e transição digital, às quais serão alocados 13,9 mil milhões de euros de subvenções a fundo perdido das verbas europeias.

No documento, estão também previstos 2,7 mil milhões de euros através de empréstimos.