Águas da Cruz reeleito presidente da Assembleia Intermunicipal da AMAL

  • Print Icon

José Manuel Correia Águas da Cruz foi reeleito presidente da Assembleia Intermunicipal da AMAL.

Foram ainda eleitos Tiago Botelho Martins da Silva, para o cargo de vice-presidente, e Célia Maria Marques da Rosa Paz, para secretária.

A eleição decorreu esta segunda-feira, dia 6 de dezembro, no Teatro das Figuras, em Faro. A lista, proposta pelos grupos do PS e PSD, foi eleita com uma maioria expressiva de 73 por cento dos votos: 35 a favor, quatro contra e nove em branco.

José Manuel Correia Águas da Cruz é membro da Assembleia Municipal de Lagoa, já Tiago Botelho Martins da Silva, eleito vice-presidente, é membro da Assembleia Municipal de Faro e, Célia Maria Marques da Rosa Paz, atual secretária, é membro da Assembleia Municipal de Vila Real de Santo António. Os novos eleitos vão estar em funções entre 2021-2025.

José Manuel Correia Águas da Cruz, que já desempenhava as funções de presidente na Assembleia Intermunicipal desde dezembro 2020 (aquando da saída de Adriano Pimpão), agradeceu o voto de confiança e deixou a certeza de que tudo fará para continuar o trabalho que tem sido desenvolvido.

«Os próximos anos serão decisivos para o país, e particularmente para o Algarve, e é fundamental que colaboremos todos na busca das melhores soluções para a região. Esta Assembleia deve ser o fórum de discussão das questões mais prementes para o desenvolvimento do Algarve, nomeadamente no que diz respeito às alterações climáticas, a mobilidade, a transição digital, a eficiência hídrica e energética, e a gestão das verbas do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR)».

«É fundamental que a Assembleia Intermunicipal, onde estão representados os 16 municípios do Algarve, tenha a sua voz, dê corpo à palavra cidadania e que continue a pugnar pela defesa da região», referiu o novo presidente.

Nesta reunião foi ainda votada a lista para o secretariado executivo Intermunicipal da AMAL.

Na reunião do Conselho Intermunicipal de dia 5 de novembro, foi deliberado pelos 16 presidentes, propor à Assembleia o nome de Joaquim Brandão Pires, que tem desempenhado as funções de primeiro secretário da AMAL desde maio de 2018.

Foi agora novamente eleito para ocupar o cargo até 2025, com 31 votos a favor, 3 contra e 14 em branco.

Também o primeiro secretário da AMAL aproveitou esta ocasião para agradecer a confiança da Assembleia, prometendo continuar a desempenhar as suas funções «com entusiasmo».

Brandão Pires sublinhou «como fundamental a política desempenhada a nível local, nas autarquias», sublinhando que o trabalho dos 16 municípios «tem sido notável na defesa conjunta da região. Estamos no rumo certo e é importante que aqui, no seio da AMAL, se continue a dar as mãos em nome da região».

A Assembleia Intermunicipal da AMAL é constituída por 58 membros, eleitos por cada uma das assembleias municipais dos 16 municípios, sendo que destes estiveram presentes nesta reunião e tomaram posse 48 membros.