A crise da Europa e a dívida pública

  • Print Icon

Segundo alguns analistas a resolução da dívida grega veio, de alguma forma, aliviar a crise europeia no que diz respeito a dívida pública dos países.

Deixo aqui, no entanto, algumas considerações sobre este tema que não deixa de ser preocupante, e como devemos nos posicionar se tivermos ativos financeiros:

As medidas de austeridade tem sido muito duras. Fizeram com que a relação dívida pública/Produto Interno Bruto (PIB) se agravasse nos últimos anos. A dívida da Grécia estava em 113%. Hoje, está em 177%. Na Espanha, a dívida da pré-crise estava em 40% do PIB. Hoje é mais de 97%. Em Itália, era 106%. Agora está em 132%. Em França era 68%. Subiu aos 95%. Até a Alemanha vê a sua dívida pública/PIB agravar-se. Passou de quase 67% em 2008 para 75% hoje.

Estas políticas também não estão ajudar o crescimento económico de Europa. Segundo o Eurostat, o PIB europeu no segundo trimestre de 2015 foi 0,3% abaixo da previsão inicial (previa-se 0,4%). A economia de França está fragilizada (o PIB cresceu apenas 0,2%) no primeiro trimestre. E a economia de Alemanha, não revela sinais fortes de crescimento.

Em terceiro lugar, o desemprego está cada vez pior: Grécia (25,6%); Espanha (22,5%); Portugal (12,4%); Bélgica (8,6%); Itália (12,7%).

Mantenha a maioria do seu património financeiro em liquidez, pronto para ser reaplicado em oportunidades de correção de mercado.

__

João Lopes é professor universitário no ISMAT, em Portimão, na área de Mercados Financeiros. Formado em gestão e com diversas pós-graduações e mestrado na área de gestão.
Experiência de gestão de unidades de negócio e equipas, empresário.
Largos anos no ensino secundário (economia) e ensino universitário lecionando diversas de cadeiras de Gestão, atualmente «Mercados financeiros e instrumentos de gestão de risco».
Ligado ao ramo de psicologia e neuro-ciência , master em Programação Neuro Linguistica.
Natural de Lisboa e residente no Algarve desde 1999.

Experiência Profissional
Especialista Premier (Região Sul Pais) – Atual Consultor Premier – Responsável pelo segmento (Premier/Private) acompanhamento em 18 agências do Algarve (2009-2012);
Responsável Branch Premier Banking Algarve – Quinta do Lago (Barclays Bank 2007-2009)
Gestor de uma unidade de negócio da Banca (Grupo Santander) e de PMEs. Experiência em gestão e chefia de equipas e formação.
Docente do Ensino Universitário e Secundário (actual desde 1999) – Mercados Financeiros,Gestão Financeira,Contabilidade Geral,Bancária e Seguros,Instrumentos e Gestão de Risco.
Formador desde 2004.