COVID-19: Vacinação na União Europeia começou há um ano

  • Print Icon

Inoculação já chegou a mais de 78 por cento dos adultos da UE.

A vacinação na União Europeia (UE) arrancou há precisamente um ano, estando mais de 78 por cento dos adultos totalmente vacinados, assinalou hoje a presidente da Comissão Europeia, pedindo que os Estados-membros continuem este «longo caminho» com doses de reforço.

«Exatamente há um ano, as campanhas de vacinação contra a COVID-19 começaram em toda a Europa e percorremos um longo caminho no espaço de um ano: mais de 78 por cento dos adultos na União Europeia estão agora [totalmente] vacinados», declarou a líder do executivo comunitário, Ursula von der Leyen, numa mensagem em vídeo hoje divulgada.

Na publicação feita na rede social Twitter, a responsável vincou que o atual «aumento do número de infeções e em particular a rápida propagação da [variante] Ómicron tornam a vacinação ainda mais importante».

«A vacinação, incluindo as doses de reforço, são atualmente a nossa melhor proteção. Temos doses suficientes para que todos possam ser vacinados e receber uma vacina de reforço, portanto, protejamo-nos a nós próprios e aos outros», apelou Ursula von der Leyen.

«Esta é a nossa melhor hipótese de vencer este vírus», salientou a responsável. Na mesma mensagem, a líder do executivo comunitário aproveitou ainda para agradecer a todos os profissionais do setor da saúde por trabalharem durante horas a fio «para administrar as vacinas» e também para cuidar dos doentes infetados.

Dados do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) sobre a vacinação na UE revelam que 79,1 por cento da população adulta no espaço comunitário está totalmente vacinada, percentagem que é de 67,8 por cento se forem consideradas todas as faixas etárias.

Em termos absolutos, os dados do ECDC – que têm por base as notificações dos Estados-membros e estão disponíveis no site da agência sobre vacinação – revelam que 289 milhões de adultos na UE estão totalmente vacinados. Quanto à população total, são 303 milhões os totalmente inoculados.