Lagos e Loulé juntam-se para nova edição de Concurso Literário jovem

  • Print Icon

Já foi lançada a 15ª edição do Concurso Literário Sophia de Mello Breyner Andresen. Os municípios de Loulé e de Lagos, através das suas Bibliotecas Municipais, Sophia de Mello Breyner Andresen e Júlio Dantas, voltam a ser parceiros nesta iniciativa.

Este concurso destina-se a alunos de toda a região que frequentam o 2º e 3º ciclos do ensino básico, bem como o secundário. Os participantes poderão apresentar trabalhos nas categorias de Escrita (poesia, prosa ou ensaio, em língua portuguesa) ou Ilustração, originais e inéditos até à data da decisão final, que incidam sobre uma obra de Sophia de Mello Breyner Andresen, cujo título deverá ser indicado ao remeter o trabalho.

A entrega das produções literárias ou ilustrações poderá ser realizada numa das duas bibliotecas municipais – Loulé ou Lagos – até ao dia 19 de fevereiro de 2021.

O júri que irá avaliar os trabalhos a concurso é constituído por um representante da Câmara Municipal de Lagos, um representante da Câmara Municipal de Loulé, um representante da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, um representante da DGESTE – Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DSR-Algarve) e um autor convidado. Este ano, o presidente do júri será o representante da autarquia lacobrigense.

Serão distinguidos dois trabalhos por nível de ensino e por modalidade. O prémio a atribuir será um cartão-oferta de 400 euros ou de 200 euros, para o 1º ou 2º classificado, respetivamente, sendo que os estabelecimentos de ensino irão receber uma distinção.

A cerimónia de entrega dos prémios desta edição acontecerá em Lagos, a 10 de abril de 2021.

A autarquia louletana refere que «o Concurso Literário Sophia de Mello Breyner Andresen tem tido, ao longo dos anos, um papel muito importante no contexto escolar pelo significativo número de alunos que tem participado nesta iniciativa, sendo, nessa medida, um veículo relevante na promoção do legado de um dos nomes maiores da Literatura Portuguesa, assim como na promoção da leitura junto dos jovens».