Escolas de Portimão vão dinamizar a 14ª Semana da Leitura

  • Print Icon

As bibliotecas escolares do concelho de Portimão vão ser palco da 14ª edição da Semana da Leitura, de 9 a 13 de março, para cerca 3250 crianças e jovens.

As bibliotecas escolares do concelho de Portimão vão ser palco da 14ª edição da Semana da Leitura, de 9 a 13 de março, jornada que contará com a participação das escritoras Analita Santos, Alice Cardoso, Goreti Costa e Helena Tapadinhas, à conversa com perto de 3250 crianças e jovens.

Promovido localmente pela Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes em colaboração com 28 bibliotecas escolares, o evento é assinalado no âmbito do Plano Nacional de Leitura, que este ano tem por intuito relembrar que devemos festejar a leitura como um ato comunicativo, de diálogo entre as artes, humanidades e ciências e como um espaço de encontro, criativo e colaborativo.

Em 2020, o programa da 14ª Semana de Leitura dirige-se a alunos de vários graus de ensino, do pré-escolar ao secundário, contemplando 28 estabelecimentos de ensino divididos pelas três freguesias do concelho.

Sob o mote «Ler sempre. Ler em qualquer lugar», a edição deste ano promove mais uma vez o estudo e a divulgação da obra de alguns escritores, envolvendo a comunidade educativa.

O estudo das obras é integrado num projeto de atividades das referidas bibliotecas, por via da leitura individual ou coletiva, dramatizações, concursos diversos, feiras do livro, entre outros. O projeto culmina com o encontro entre alunos e escritores, em cada uma das bibliotecas.

Escritores e obras

Analita Alves dos Santos nasceu na Alemanha em 1974. Tem como formação o Marketing e a Gestão. A leitura e a escrita sempre foram as suas paixões.

Vive no Algarve e é mãe de duas filhas que a inspiram todos os dias a imaginar histórias com significado. Realiza regularmente ações de incentivo à Leitura e à Educação Ambiental, junto de escolas, bibliotecas públicas e feiras do livro. «A Irmandade da Rocha – Daniela e o Ouriço-do-mar» é a sua primeira aventura literária no universo infantojuvenil.

Alice Cardoso é de Coimbra, onde nasceu em 1962. É formada em Educação de Infância e Ensino da Língua Portuguesa. Em 2006, a editora Nova Gaia publicou o seu primeiro livro, intitulado «Bruxinha Luna e a palavra mágica».

Seguiram-se inúmeras publicações, até ao surgimento do Plano Nacional de Leitura, altura em que muitos dos seus títulos foram incluídos nas listas das obras recomendadas.  A escritora é atualmente diretora de projetos artísticos e educativos, que visam a interdisciplinaridade, a promoção da leitura e o aumento da cultura e da literacia.

Goreti Costa é de Lisboa e formada em Relações Internacionais. É funcionária pública, mas as suas grandes paixões são a escrita e a pintura. Colabora regularmente com jornais, tendo sido distinguida na área da poesia e da literatura infantil. É a literatura infantil que promove o seu encontro com Ricardo Inácio, artista plástico, ilustrador e mestre em azulejaria. Ricardo é autor de ilustrações de livros relacionados com lendas, história e património regionais. Ilustrou a obra de Goretti intitulada «Bully», estudada este ano no Plano Nacional de Leitura.

Helena Tapadinhas nasceu em 1969 na cidade de Luanda. Tem formação em Biologia e Geologia e um mestrado em Criatividade. Implementou o Programa Regional de Educação Ambiental pela Arte (PREAA) na Direção Regional de Educação do Algarve, com a dinamização de projetos em rede, onde o imaginário é porta de entrada para o estudo do território. Autora de diversos projetos de teatro, narração oral, música, fotografia e literatura, tem trabalhos publicados nas áreas da educação, ciência, ambiente e arte. As escolas leram «Alfaiate», uma obra que recupera um precioso património (imaterial) local.