Escolas de Hotelaria e Turismo ainda têm vagas para o novo ano letivo

  • Print Icon

Escolas do Turismo de Portugal, em Faro e Portimão, ainda têm vagas disponíveis para o próximo ano letivo.

Desde 1 de abril decorre a fase de candidaturas para os alunos nacionais. Das 144 vagas disponíveis na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, 80 por cento já estão preenchidas com candidatos que irão agora formalizar a sua inscrição.

Segundo a diretora da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, Paula Vicente, não só é preciso captar jovens para o Turismo, como também é preciso manter o seu interesse por um futuro profissional no sector. E aí, os estágios desempenham um papel fundamental.

«Estamos numa fase de transição, em que os nossos atuais alunos integram o sector através da experiência proporcionada pelos estágios curriculares. Por outro lado, é o início de um novo ciclo letivo, com a captação de candidatos para as áreas de formação de Hotelaria, Restauração e Turismo com vista ao novo ano letivo.

As boas aprendizagens em contexto real de trabalho são influências fundamentais para o entusiasmo com que os futuros alunos encaram os estágios curriculares e o seu futuro profissional. Por isso é essencial estabelecer uma relação próxima com as empresas que, através da oferta dos estágios curriculares, complementam os conhecimentos e técnicas dos nossos alunos».

As candidaturas às Escolas do Turismo de Portugal vão continuar abertas, para candidatos nacionais que queiram ingressar nos cursos de nível 4 e 5.

Segundo o Estudo de Inserção Profissional 2021, realizado pela Direção de Formação do Turismo de Portugal, a Taxa de Inserção Profissional dos alunos, 6 meses após a formação, subiu para 74 por cento, o que corresponde a uma recuperação de 50 por cento em relação a 2020. Destes 74 por cento de empregados, 89 por cento desenvolvem atividade no Turismo.

Alojamento Hoteleiro, Turismo, Cozinha, Pastelaria, Bar e Restaurante, são as áreas em que as empresas do sector foram reforçadas com o início do estágio curricular dos alunos da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve.

Com mais de três meses de duração, os estágios quer dos cursos de nível 5 (pós ensino secundário) quer dos cursos de nível 4 (cursos profissionais, pós 9º ano) integram os alunos em contexto real de trabalho e representam assim um forte apoio às empresas do sector, tão necessitadas de recursos humanos.

Elsa Guerreiro, diretora de Recursos Humanos do Hilton Vilamoura As Cascatas Golf & Resort reconhece a importância destes elementos, principalmente nesta altura em que se prevê um verão de plena retoma turística.

«Temos alunos da EHTA nas áreas de Recepção, Animação, Cozinha e Restaurante/Bar e são uma mais valia na nossa operação. Temos sempre recebido bons elementos, que vêm bem preparados. Contudo é importante que nós, entidades, tenhamos consciência que os alunos estão em estágio que estão aqui em formação para aplicar os conhecimentos adquiridos em aula», diz.

Para os alunos é o primeiro ‘mergulho’ no mercado de trabalho, o qual sabem estar ávido de profissionais nas diferentes áreas. Dos 250 estudantes que iniciaram o período de estágio, a maioria integrou as equipas de entidades do Algarve mas muitos escolheram realizar os seus estágios noutras zonas do país.

Ludimila Rodrigues, brasileira e aluna do curso de Gestão Hoteleira e Alojamento 2º semestre, está a iniciar o estágio numa unidade de Turismo Rural, perto de Monsaraz. É grande a expectativa que tem quanto ao seu futuro: «Quero finalmente colocar em prática todo conhecimento que alcancei até agora. Como escolhi o Alentejo, estou com muita curiosidade para saber como de facto se aplica o Turismo Rural e entender de perto esse novo luxo, o qual acredito ser uma das maiores tendências do mercado», destaca a aluna de Alojamento.

Integrado na equipa de Front Office de uma das cadeias hoteleiras mais prestigiadas da Madeira, Tomás Alexandre do curso de Técnico(a) de Alojamento Hoteleiro 3º ano sente que está a fazer a diferença. «Sinto que sou uma mais-valia. Através da formação adquirida ao longo de 3 anos na escola, mais a informação que recebi assim que cheguei, consigo ajudar efetivamente a equipa a ter um melhor e mais célere desempenho».

O processo de candidatura é gratuito e é feito online aqui.

Portimão abre candidaturas para cursos profissionais de nível 5

A Escola de Hotelaria e Turismo de Portimão tem abertas as candidaturas para os Cursos de Especialização Tecnológica (CET) até 18 de julho.

Todo o processo de candidaturas da rede de Escolas do Turismo de Portugal decorre em plataforma online, tendo o(a) candidato(a) a possibilidade de selecionar até três opções de curso, ou escola, por ordem de preferência. O processo de recrutamento é constituído por uma entrevista online e pela realização de uma Prova Global de Conhecimentos.

Gestão e Produção de Cozinha, Gestão de Restauração e Bebidas e Gestão Hoteleira e Alojamento são os cursos que a Escola disponibiliza para o ano letivo 2022/ 2023.

Todas as opções possuem uma forte componente ligada ao desenvolvimento pessoal, às soft skills e à preparação do(a)s aluno(a)s para uma ação ambiental e socialmente responsável.

Os cursos da rede de Escolas do Turismo de Portugal, pretendem preparar profissionais do Turismo que pensem criticamente, que influenciem mudanças positivas, que sejam agentes de preservação do território, das tradições e da identidade do país.

Formar líderes ativos nesta mudança global, que saibam assumir a responsabilidade que o Turismo tem na reconstrução das sociedades, é a visão holística sobre a qual assenta a recente remodelação da oferta formativa oferecida pela rede de 12 escolas do Turismo de Portugal.

Para Ana Paula Pais, diretora de Formação, «as escolas do Turismo de Portugal são hoje espaços ilimitados, viveiros de sonhos, ajudando os jovens a adquirir competências técnicas, digitais e comportamentais, que os tornarão líderes das empresas do futuro.

Com abordagens pedagógicas inovadoras de trabalho por projeto, com opções curriculares customizadas, integrando novas áreas de desenvolvimento pessoal e criativo, e novos conteúdos de digital, de sustentabilidade, de economia circular, de gestão de equipas, as nossas escolas têm as melhores condições para uma formação ajustada aos desafios do sector do turismo e sobretudo às ambições e aos sonhos dos jovens».

A rede de Escolas do Turismo de Portugal recebeu a certificação TedQual da Organização Mundial de Turismo, a primeira que esta organização atribui, a nível mundial, a uma rede de escolas com estas características.

Este selo de qualidade, reconhecido mundialmente, é reflexo do prestígio internacional da formação oferecida pelas 12 escolas.

Em Portimão, o ano letivo 2022/ 2023 ficará marcado pela inauguração da nova escola, no centro da cidade. As obras decorrem a bom ritmo e tudo indica que no próximo ano letivo será feita a transição.