Crianças de Castro Marim enviaram postais de Natal a familiares distantes

  • Print Icon

Iniciativa «Ateliers de Natal» juntou o projeto «Castro Marim (COM) Vida», a Biblioteca Municipal e o Agrupamento Escolar concelhio, recuperando a tradição do envio dos postais de Natal aos familiares distantes, popular outrora. Foram enviados cerca de 400 postais.

Os «Ateliers de Natal» surgiram numa altura de distanciamento social, para recuperar a tradição natalícia e, em simultâneo, proporcionar às crianças castromarinenses o envio de postais de natal aos familiares geograficamente distantes. A atividade, dirigida aos alunos do Agrupamento de Escolas do concelho de Castro Marim, englobou duas etapas: a «hora do conto» e a elaboração dos postais natalícios.

«O rato que cancelou o Natal» foi o conto selecionado, com o objetivo de melhor compreender as condicionantes da situação pandémica.

A etapa seguinte consistiu na elaboração dos postais, apostando na criatividade dos mais novos, recorrendo a um conjunto de materiais diversos para decoração de envelopes. A finalizar, os alunos colocaram a morada do familiar e o município de Castro Marim ficou responsável pelo envio de cerca de 400 postais de Natal junto dos postos de correio (CTT).

Esta iniciativa está englobada numa estratégia de atividades complementares para promoção de comportamentos saudáveis e reforço das tradições dos mais pequenos.

A atividade foi planeada para o formato presencial mas, no entanto, a pandemia obrigou à readaptação da metodologia. Assim, foi desenvolvido um vídeo explicativo e preparados vários kits de materiais entregues às várias turmas do agrupamento de Castro Marim, para que em sala de aula fossem desenvolvidos os postais com a ajuda dos professores titulares.