Comissão Regional quer atrair e qualificar futuros profissionais de turismo

  • Print Icon

Comissão Regional de Formação para o sector do turismo aponta estratégias para a atração e qualificação de futuros profissionais.

Benefícios laborais ajustadas às expectativas dos jovens, colaboração entre todos os agentes do sector no trabalho de atração de jovens para estudar Turismo, valorização e aumento do prestígio das profissões da indústria turística e qualificação dos profissionais já no mercado de trabalho foram algumas das questões debatidas na reunião da Comissão Regional de Formação para o sector do Turismo promovida pela Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve no passado dia 26 de maio.

Foi a segunda reunião desta Comissão Regional, da qual fazem parte perto de duas dezenas de entidades públicas e privadas, ligadas direta ou indiretamente a esta indústria.

Perceber e identificar as necessidades de formação na área do Turismo e participar na definição e implementação da estratégia de formação é o grande objetivo da Comissão Regional de Formação para o sector do Turismo.

Para além do balanço e de uma radiografia ao ano letivo 2021/2022 foi também perspetivado o futuro, tendo em conta a retoma do Turismo, a atual falta de recursos humanos e a necessária capacidade de atração dos jovens para este sector.

«Atrair jovens para estudar Turismo e Hotelaria é um desafio atual e muito sério. Muitas entidades não têm a percepção de que esta problemática começa logo a montante. Esta é uma preocupação real pois a falta de interesse dos jovens refletir-se-á no futuro da nossa região e terá como principal impacto a falta de recursos humanos no sector do Turismo. É muito importante trabalharmos em conjunto para a captação dos jovens e na retenção de talentos. Foi este pedido de cooperação que lançámos», refere Paula Vicente, Diretora da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve.

A melhoria das condições de trabalho, com mais benefícios sociais e culturais, mais tempo livre, apoios à fixação no território e mobilidade, foram algumas das ideias lançadas e debatidas, como forma de voltar a tornar as profissões ligada ao Turismo, atrativas e prestigiantes.

As Comissões Regionais de Formação para o sector do Turismo, que reúnem periodicamente, foram criadas em 2019, por Decreto-Lei, no âmbito do novo regime de autonomia, administração e gestão das 12 escolas de hotelaria e turismo do Turismo de Portugal.