Atos já tem Centro de Competências no UAlg Tec Campus

  • Print Icon

Atos, empresa líder em transformação digital, é mais uma multinacional a instalar-se no UAlg Tec Campus, em Faro.

Ainda antes do UAlg Tec Campus abrir portas na academia algarvia, a Atos Portugal, sediada em Lisboa, já fazia planos de inaugurar um Local Delivery Center (LDC), ou Centro de Competências, em Faro, mas foi na tarde da sexta-feira, dia 23 de setembro, que o plano acabou por se concretizar.

«Haviam raízes de alguns colaboradores nossos com a Universidade do Algarve (UAlg), mas mais que isso, começámos por fazer o trabalho de casa com um levantamento dos polos técnicos que existiam perto das universidades do nosso país. Chegámos a uma conclusão interessante: a maioria das multinacionais estão, na sua maioria, perto de universidades, mas percebemos que se tinham esquecido da UAlg. Nós não nos esquecemos e vimos que tínhamos aqui uma excelente oportunidade de sermos o parceiro e não apenas mais um. Porquê aqui? Porque a localização é excelente e porque a multiculturalidade permite-nos trabalhar para todo o mundo. Hoje, temos colegas que são da Índia e decidiram vir para cá», justificou aos jornalistas Octavio Oliveira, country manager da Atos Portugal.

Além disso, «todos os dias nos confrontamos com uma situação de volatilidade grande dos recursos. Temos de estar junto das academias e longe dos grandes centros urbanos, por isso o UAlg Tec Campus», localizado no campus da Penha da UAlg, em Faro.

E o que se vai desenvolver no LDC? «Projetos e competências. A formação base vem do campo académico e aqui vamos proporcionar trabalho, uma carreira e estabilidade. Aqui temos desenvolvimento aplicacional em projetos de várias grandezas e áreas, e para todo o mundo», respondeu o responsável.

Em boa verdade, o principal objetivo da Atos com a inauguração do LDC, é a de expandir a sua oferta de serviços de transformação digital para empresas nacionais e internacionais. «Hoje em dia podemos trabalhar para qualquer sítio, de qualquer sítio. Com esta expansão, temos a capacidade de ter as pessoas certas para os projetos certos, com o conhecimento certo. Este Centro faz parte da nossa estratégia de crescimento de forma sustentada», assegura Oliveira, dando ainda nota de que se trata de um crescimento que está apenas a começar.

«Somos 133 colaboradores aqui em Faro, mas prevemos chegar aos 300 até ao final do próximo ano. Aliás, muito provavelmente este LDC vai-se transformar no maior polo da Atos em Portugal», disse.

Seguindo a mesma linha de pensamento, Pilar Torres, diretora geral da Atos Ibéria, referiu que «estamos muito orgulhosos por inaugurar este Centro. A Atos escolheu Portugal há 11 anos como um país chave e temos já contribuído para o sucesso de clientes como a Aeroportos Portugal e os CTT – Correios de Portugal. Estamos, agora, empenhados em colaborar no desenvolvimento do Algarve para áreas cada vez mais procuradas, como: Inteligência Artificial, Cloud Services, IOT, Quality Assurance, entre outras. Somos uma empresa de colocar em prática e isso significa trazer todo o nosso valor para a sociedade, melhorando oportunidades para a população algarvia através de maior benefício económico, diversidade de oferta de emprego e maior competitividade. Temos confiança para dizer que vamos crescer e bater os recordes dos números que temos ao dia de hoje. Vamos lá, então, tornar Faro no sítio em que o futuro se torna realidade», apontou.

UAlg Tec Campus pode vir a expandir-se

Rogério Bacalhau, presidente da Câmara Municipal de Faro, que marcou presença na cerimónia de inauguração do LCD da Atos Portugal, aproveitou a ocasião para enaltecer o papel do UAlg Tec Campus no desenvolvimento do concelho e da região.

«Há nove anos, quando fui eleito presidente, definimos dois vetores de atuação que gostaríamos de ver na cidade. Um era uma cidade mais turística. O outro tinha a ver com o conhecimento e com as novas tecnologias. Este é aquele que ainda hoje perseguimos, que está ainda numa fase embrionária, mas que queremos alicerçar e potenciar ainda mais. O UAlg Tec Campus é um primeiro embrião daquilo que gostaríamos de ver aqui com muito maior capacidade de afirmação», afirmou.

Rogério Bacalhau.

Nesse sentido, o edil farense revelou uma novidade: «aqui ao lado, no complexo desportivo, alterámos o loteamento e temos um lote para construir mais 12 mil metros quadrados. Aqui já estão quatro mil. Portanto, poderemos ter muito mais capacidade e sei que a Atos, tal como outras empresas que aqui estão e outras que gostariam de vir, precisam disso mesmo para se poderem expandir».

No uso da palavra, Bacalhau assegurou que «Faro tem todas as características para poder ter este tipo de empresas, para que as pessoas possam desenvolver a sua atividade profissional, mas possam também ter uma atividade pessoal e de família com os melhores padrões que todos almejamos».

Já sobre a multinacional que escolheu a capital algarvia para a sua primeira delegação fora de Lisboa, o presidente da autarquia quis «dar os parabéns por ter percebido que aqui há excelentes condições para uma qualidade de vida que noutros lados não é possível concretizar».

Paulo Águas: «sucesso da Atos é o sucesso da região e da UAlg»

O Reitor da Universidade do Algarve (UAlg) esteve presente na inauguração do Centro de Competências da Atos Portugal no UAlg Tec Campus, na sexta-feira, dia 23 de setembro, recordou que o primeiro contacto com a empresa surgiu «há cinco anos quando era vice-Reitor, porque queriam começar a sua operação no Algarve. Nesse altura, ainda não tínhamos projeto, mas hoje estão criadas as condições para que as raízes da Atos fiquem bem profundas nesta região», afirmou.

Paulo Águas.

Dando nota de que a licenciatura em Engenharia Informática é, «talvez», o curso com maior número de estudantes na UAlg, o magnífico disse que todos estes fatores «podem vir a ajudar o ecossistema que está aqui a ser criado, no sentido de uma diversificação da economia regional, de termos um Algarve mais inovador e que possa proporcionar mais emprego. Faro já tem muito trabalho qualificado, mas ainda quer ter mais».

Por isso, dirigindo-se em particular ao Centro de Competências da Atos, Paulo Águas deu as boas-vindas e desejou «que se sintam bem nesta vossa casa e que não se limitem a percorrer estes corredores. Desejo o máximo sucesso da Atos, que também será o sucesso da região, de Faro e da UAlg».