CCDR Algarve promove sessão sobre «Compras Públicas Ecológicas»

  • Print Icon

Agenda Regional de Transição para a Economia Circular (AREC) é um documento dinâmico que assenta na compreensão do potencial de circularidade das economias da região do Algarve, enquadrando os fluxos físicos no quadro económico e social, permitindo perspetivar um cenário de desenvolvimento socioeconómico.

Neste contexto, depois da apresentação da AREC no final de 2019, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento do Algarve (CCDR Algarve) programou um conjunto de sessões informativas a realizar durante os meses de novembro e dezembro de 2020, assinalando igualmente a Semana Europeia de Prevenção de Resíduos, que decorre de 21 a 29 de novembro.

Mas, já no dia 17 de novembro, entre as 10h00 e as 12h00, terá lugar um webinar sob o título «Compras Públicas Ecológicas», que pretende divulgar as determinações legais sobre compras ecológicas e boas práticas, promover a aproximação entre os vários agentes e a disponibilidade para apoiar Projetos e Grupos de trabalho, tendo como alvo decisores e técnicos municipais.

As sessões terão ainda como destinatários, professores, empresários e profissionais da área da agricultura, da construção civil e da gestão de resíduos, mas serão abertas a todos os cidadãos e profissionais interessados nas questões ambientais e da economia circular e as inscrições podem ser feitas aqui, sendo posteriormente enviada a ligação aos inscritos.

Para todas, foram convidados especialistas e entidades com representatividade nos setores ambiental e da economia circular, que partilharão informação sobre boas práticas, inovação e tecnologia.

Desse leque de entidades fazem parte Institutos Públicos, Organismos da Administração Central e Regional, Empresas do setor ambiental, Plataformas Colaborativas, Associações Profissionais e Empresariais.

Pretende-se avançar na definição de estratégias integradas de Economia Circular (EC) de âmbito regional e local, estimulando a ligação entre os organismos públicos, bem como entre a administração e os cidadãos, programando para tal sessões curtas, informais e objetivas, durante as quais se pretende promover a partilha de conhecimento e lançar desafios para todos os intervenientes.

Procurando abranger as linhas de ação demarcadas na AREC, este ciclo de sessões informativas irá centrar-se na integração de princípios e conceitos de Economia Circular nas atividades de gestão da administração pública nacional descentralizada, regional e local, na promoção da política de compras públicas circulares, na promoção da definição de um Programa Regional de Educação para Economia Circular, na gestão e implementação de boas práticas na gestão de Resíduos de Construção e Demolição (RCD) , na realização de ações de formação e sensibilização direcionadas a grupos profissionais específicos, para diagnosticar a situação atual e propor medidas de intervenção local, regional e setorial.