Portugal goleia Luxemburgo (5-0) com «hat trick» de Cristiano Ronaldo

  • Print Icon

Mais um jogo no Estádio Algarve, mais uma vitória portuguesa. Desta vez, uma entrada demolidora pôs um fim precoce às aspirações luxemburguesas de almejar algo mais da partida. Ronaldo fez mais três golos perante os algarvios, já habituados a gritar os golos do capitão da seleção nacional.

Foi uma entrada fortíssima da seleção portuguesa nesta noite de terça-feira, dia 12 de outubro, que atacou os luxemburgueses com um trio de ataque composto por Bernardo Silva, André Silva e claro, Cristiano Ronaldo, no Estádio Algarve.

Logo aos sete minutos, Bernardo Silva ludibriou dois adversários a partir do flanco direito e foi travado em falta pelos adversários, levando o árbitro a apontar para a marca do castigo máximo. Ronaldo, pois claro, na cobrança, atirou ao meio e adiantou a seleção nacional no marcador. E não demorou muito até surgir o segundo…

Foi ao minuto 12, quando Cristiano arrancou rumo à baliza e acabou derrubado pelo guardião Anthony Moris. Novo penálti para Portugal e mais uma vez o capitão a assumir a marcação. Ronaldo marcou, o árbitro mandou repetir e Ronaldo voltou a marcar. 2-0 para a equipa das quinas.

Os comandados de Fernando Santos não tiraram o pé do acelerador e chegaram rapidamente ao terceiro, aos 18 minutos. Num lance de envolvimento ofensivo, Bernardo Silva abriu para Bruno Fernandes que, em plena área, disparou cruzado para o fundo das redes.

Portugal
Fotografia – Nelson Ferreira

O jogo acalmou de ritmo, naturalmente, perante tamanha diferença no marcador. O Luxemburgo ia sendo incapaz de se aproximar da baliza de Rui Patrício e foi mesmo Portugal a ter uma excelente oportunidade para fazer o quarto, à passagem do minuto 42. Ronaldo, perante Moris, permitiu a defesa ao guardião forasteiro. Três minutos depois, foi Bernardo Silva a rematar e Moris, novamente, a negar o golo português.

A seleção voltou a entrar forte na segunda metade e dispôs de duas boas chances nos primeiros cinco minutos. Primeiro, foi Palhinha a ver o seu remate intercetado. Depois, foi Ronaldo a desviar e a bola a passar pertíssimo da baliza dos visitantes.

No outro lado do campo, Rui Patrício foi um espetador durante toda a primeira metade e, verdade seja dita, também durante grande parte da etapa complementar. O guardião português lá sujou o equipamento,, pela primeira vez, ao minuto 54, para encaixar uma tímida tentativa de Sinani.

Os mais de 18 mil adeptos que esgotaram os bilhetes para assistir a esta partida queriam mais, empolgando a equipa com cânticos, e Bruno Fernandes quase lhes fez a vontade aos 62 minutos. Após um grande cruzamento de Nuno Mendes, o médio português ficou a centímetros do golo.

Portugal - Bruno Fernandes
Fotografia – Nelson Ferreira

Carregava Portugal e, ao minuto 68, Cristiano Ronaldo abanou (e de que maneira) as fundações do Estádio Algarve. Após cruzamento de Cancelo, pela direita, o capitão da seleção, com um grande pontapé de bicicleta, obrigou Moris à defesa da noite. Que golo que era! Mas não foi preciso esperar muito para festejar, uma vez que, na sequência do canto, Bruno Fernandes bateu para a área e apareceu João Palhinha a fazer o quarto da partida, festejando ao estilo de Ronaldo e levando ao rubro os adeptos portugueses.

Os luxemburgueses iam respondendo como podiam, de forma muito atabalhoada, e aos 71 minutos Gerson Rodrigues viu os seus intentos travados, com segurança, por Rui Patrício.

Mas quem acabou mesmo por marcar mais um, como se previa pela diferença qualitativa entre as equipas, foi Portugal. Já na reta final, ao minuto 87, Cristiano Ronaldo, de cabeça, respondeu com sucesso a um cruzamento de Rúben Neves e fez o seu terceiro na partida, quinto dos anfitriões.

O Estádio Algarve continua a ser talismã para a seleção, que nunca perdeu em jogos lá disputados, tendo agora goleado o Luxemburgo por 5-0. Quem também parece gostar de solo algarvio é o capitão Ronaldo, que assinou mais uma exibição de gala e deu aos algarvios mais três motivos para festejar nesta noite de bom futebol.