Portimonense Sporting Clube celebrou 108 anos de história

  • Print Icon

Além do anúncio de várias obras para o Centro de Formação, foram ainda apresentados os novos equipamentos para as modalidades.

O Centro de Formação Major David Neto acolheu a comemoração do centésimo oitavo aniversário do Portimonense Sporting Clube no domingo, dia 14 de agosto.

Fernando Rocha, presidente da coletividade, aproveitou a oportunidade para apresentar os equipamentos que irão ser usados na próxima época pelas equipas de todas as modalidades. E também a camisola comemorativa do aniversário, oferecendo à presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes, a número dois das 108 manufaturadas e numeradas.

O responsável máximo do clube foi muito aplaudido pelos presentes, quando informou que todas as camisolas dos guarda-redes das equipas de formação terão a foto de António Sagreiro, «porque nunca esquecemos o passado».

Sagreiro foi treinador de guarda-redes das equipas de formação do clube durante duas décadas, até 2017, ano em que faleceu vítima de acidente rodoviário, aos 66 anos de idade.

Portimonense - Equipamentos

Na cerimónia, Rocha informou a massa associativa dos melhoramentos previstos para o Centro de Formação. As obras para a construção de um campo de relva sintética vão já arrancar, assim como o aumento da área coberta dos serviços médicos e de fisioterapia, para dar apoio a todas as modalidades do clube e também aos sócios, mediante pagamento, o que criará mais uma fonte de rendimento para o clube.

O presidente anunciou também a criação de um «Manual de Acolhimento e Boas Práticas», destinado a atletas, treinadores, dirigentes e pais, algo que pareceu merecer o agrado dos presentes.

Portimonense - Aniversário

Já a autarca Isilda Gomes afirmou que, quando se trata de apoiar o Portimonense, o executivo «está todo do mesmo lado». E disse ter pena que, «muitas vezes, os portimonenses não sintam no seu coração aquilo que é o clube, que já representa muitas gerações. Apoiamos o Portimonense, porque pensamos ser a nossa obrigação, pois o clube tem centenas e centenas de jovens a praticar desporto que, se não fosse o Portimonense, possivelmente andavam nas ruas. Esta coletividade dá apoio aos pais, algo que é fundamental».

«Quando os atletas vão para fora da cidade, levam sempre Portimão com eles», concluiu a edil.