Portimonense dá a volta ao Vitória SC e soma segundo triunfo seguido

  • Print Icon

Grande jogo terminou com a segunda vitória consecutiva do Portimonense. Algarvios sofreram primeiro mas souberam recuperar e chegar ao triunfo.

Uma presença massiva de adeptos vimaranenses contribuiu para uma grande assistência no Portimão Estádio na noite de hoje, domingo, dia 21 de agosto.

No relvado, a primeira parte contou com duas equipas aguerridas, a tentar praticar um futebol positivo, mas com algumas dificuldades em criar perigo nos primeiros 30 minutos. Depois, o jogo transformou-se.

Aos 33 minutos, Anderson ultrapassou Samuel Portugal mas Pedrão evitou in extremis o golo dos forasteiros. Já aos 39 minutos, na cobrança de um livre direto, Tiago Silva atirou à trave da baliza algarvia. Que perigo!

A turma da casa respondeu ao minuto 42, com Welinton Júnior a ganhar em velocidade à defensiva adversária e a falhar por pouco o alvo, e mesmo em cima do intervalo foi Samuel Portugal a mostrar-se, com uma defesa segura a remate forte de André Almeida.

A segunda parte começou da pior forma possível para o Portimonense. Logo aos 46 minutos, André Almeida aproveitou a passividade de Seck e assistiu Jota Silva, que atirou a contar para o 0-1 a favor do Vitória Sport Clube.

Os alvinegros responderam de seguida com um grande remate de Welinton Júnior, que ficou a centímetros do golo. Depois, ao minuto 49, Moufi apareceu ao segundo poste a responder a um cruzamento de Welinton Júnior, mas atirou ao lado.

Os comandados de Paulo Sérgio lançaram-se em busca do empate e, depois de algumas aproximações perigosas à baliza de Bruno Varela, acabaram por conseguir. Foi Welinton Júnior a responder da melhor forma a um cruzamento de Moufi.

O Vitória voltou a colocar a equipa de Portimão em sentido ao minuto 74, com um cabeceamento perigoso de André Amaro. Dois minutos depois, foi Samuel Portugal a dizer presente perante Ruben Lameiras.

O jogo estava elétrico e, aos 79 minutos, Yago Cariello respondeu com uma forte cabeçada a cruzamento de Seck, mas Bruno Varela fez uma grande defesa. Foi uma ameaça para o que viria.

Depois de várias cenas tristes protagonizadas por adeptos do Vitória, foi mesmo o Portimonense a chegar ao golo ao minuto 89. Seck embalou pelo flanco esquerdo, cruzou e Yago, de cabeça, selou o tento algarvio. O brasileiro acabou por devolver as provocações aos apoiantes forasteiros, excedendo-se um pouco nos festejos…

Já em período de compensação, Samuel Portugal fez uma enorme defesa e segurou a preciosa vitória algarvia.

O Portimonense soma agora seis pontos no campeonato. Na próxima jornada desloca-se à Madeira, para jogar frente ao Marítimo, sábado, 27 de agosto, às 15h30.