Portimonense cai da Taça com estrondo frente à União de Leiria

  • Print Icon

Equipa do Campeonato de Portugal dominou e venceu por 1-0, com toda a justiça, um Portimonense que mostrou muito pouco perante o adversário dos escalões inferiores.

A surpresa no resultado desta partida da terceira eliminatória da Taça de Portugal só se pode aplicar a quem não viu o jogo. É que, dentro de campo, a União de Leiria bateu-se de igual para igual com o Portimonense e, em grande parte do desafio, esteve por cima das operações.

Ao longo da primeira metade, a turma de Portimão só conseguiu criar perigo por duas vezes. Anderson Oliveira, aos 11 minutos, com um remate ao lado, e Beto, em cima do minuto 45, com um cabeceamento ao lado, fizeram a história dos algarvios nesta partida.

Depois, após o intervalo, as ganas da equipa leiriense fizeram justiça ao marcador.

À passagem do minuto 58, Rui Gomes, um verdadeiro pesadelo para a defensiva algarvia durante toda a partida, trabalhou com grande qualidade e assistiu Badará, que em boa posição para o golo permitiu o corte da defensiva alvinegra.

A jogada serviu de ameaça para o que aconteceu aos 81 minutos. Foi precisamente Rui Gomes, a fazer o que quis de dois adversários e, perante Ricardo Ferreira, a rematar para o golo.

Os algarvios tentaram responder mas nunca conseguiram criar grandes complicações aos anfitriões e acabaram mesmo por cair, nesta terceira eliminatória, perante o 9º classificado da Série E do Campeonato de Portugal.