Portimão suspende grandes obras para minimizar incómodos no verão

  • Print Icon

Considerando o ano especial que se vive face ao contexto pandémico, a Câmara Municipal de Portimão delineou uma estratégia para as obras em curso.

Algumas avançam, outras que estavam previstas se iniciarem nos próximos tempos, ficam em suspenso, de forma a causar o menor transtorno possível aos residentes e aos turistas que visitam o concelho e a cidade durante esta época estival.

Nesse sentido, a autarca Isilda Gomes promoveu um encontro com a comunicação social na tarde de hoje, para dar a conhecer os contornos dessa estratégia.

A sessão iniciou com a assinatura do contrato de execução da primeira fase da manutenção da Avenida V6, na pessoa de Filipe Gameiro, da empresa Construções J.J.R. & Filhos SA, uma das grandes obras que ficam adiadas para depois do verão.

A requalificação e a pavimentação da antiga N125, Cruz da Parteira-Penina, fica também em suspenso para depois das eleições autárquicas porque, segundo Isilda Gomes, «iria causar constrangimentos aos residentes e visitantes, com longas filas de trânsito, durante o verão e com prejuízos para a economia local».

Um total de 921.393 euros é montante das obras agora adiadas e a autarca insiste que «é o respeito pelas pessoas que obriga a esta decisão», disse Isilda Gomes, presidente da Câmara Municipal de Portimão.

A autarca queixou-se ainda de concursos que não tiveram quaisquer interessados, ficando assim desertos de propostas, e que terão de ser relançados, ainda durante o atual mandato.

Aliás, é um problema comum aos municípios em todo o país, devido a haver poucas empresas capazes de assumir as empreitadas propostas.

Ainda assim, fica uma nota positiva pelo trabalho de gestão do atual executivo. «Uma Câmara que passou pela agonia que passou em termos económicos e financeiros e com os problemas que teve, conta neste momento, em concursos e obras no valor de 15 milhões é obra. Há outras intervenções na calha, mas estas são as que já têm concursos a ser lançados até ao final do verão», resumiu a autarca.

Obras que vão estar em curso durante o verão 2021

  • Antiga lota de Portimão
  • Requalificação da Escola Básica Professor José Buisel
  • Rotunda Paul Harris
  • Parque Urbano do Mercado
  • Rua António Feu (que vai causar constrangimentos ao trânsito)
  • Demolição das casas a adquirir entre o Largo do Dique e a Praça 1º Dezembro
  • Estrada das Sesmarias
  • Estrada da Esteveira
  • Salva-vidas de Alvor
  • Casa mortuária de Alvor
  • Realojamento e demolição das barracas do mercado
  • Consolidação e construção dos ossários do antigo cemitério
  • Substituição de coberturas de amianto (Escola Básica D. João II, Escola Básica Júdice Fialho, Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes)

Montante: 7.176.417 euros

Concursos que ficaram desertos, outras obras deveriam estar a decorrer, mas não compareceram empresas a concorrer

  • Parque Urbano – 2ª fase
  • Parque da Juventude – fases 2 e 3
  • Palácio Abreu, em Alvor
  • Escola Básica e Jardim de Infância – Vendas
  • Escola Básica Montes de Alvor
  • Jardim de Infância do Fojo

Montante: 3.282.354 euros

Concursos que voltam a ser lançados

  • Passadiço da Praia da Rocha
  • Jardim da Fortaleza
  • Centro de Recolha Animal
  • Lota de Alvor
  • Requalificação do Adro da Igreja Matriz de Portimão

Montante: 3.869.311,62 euros, sendo 1.188.000 euros para a requalificação do adro da Matriz