Penálti ao «cair do pano» dá vitória preciosa ao Portimonense

  • Print Icon

Portimonense entrou em campo, para esta 8ª jornada, com o peso de ocupar a última posição. Longe de brilhar, os algarvios chegaram à vitória com um penálti aos 89 minutos, convertido por Fabrício.

O ambiente nesta tarde de domingo, 29 de novembro, era de profundo luto pelo falecimento de Vítor Oliveira, antigo treinador e jogador dos algarvios, figura histórica do futebol português, transportado por todos os atletas algarvios nas costas das camisolas.

A turma de Portimão começou por cima da partida e teve a primeira oportunidade por Fabrício, aos sete minutos, com um remate em plena área que saiu por cima do alvo. Depois, aos nove minutos, foi Luquinha (que se estreou a titular pelos alvinegros) a disparar, de fora da área, um remate que assustou Daniel Guimarães, guardião insular.

O Nacional jogava bem mas o Portimonense aproximava-se mais da área adversária, voltando a criar algum perigo à passagem do minuto 36, por intermédio de Anderson, num remate que rechaçou num defesa e quase enganava Daniel Guimarães. Foi a última jogada relevante de uma primeira metade dividida.

No regresso dos balneários, foi a turma insular a criar o primeiro lance de sobressalto. Riascos solicitou Rouai, que acabou por falhar o alvo (48′).

A etapa complementar caiu numa toada muito morna e foi preciso esperar até ao minuto 72 para ver novos motivos de interesse na partida. Foi Maurício, central dos algarvios, a disparar um remate que passou perto da baliza madeirense. O Nacional respondeu por Gorré, que rematou por cima da baliza de Samuel Portugal (78′).

Ao minuto 87, chegou o joker para o Portimonense. Aylton Boa Morte rematou e Júlio César desviou com o braço para fora. Após longa consulta ao VAR, o árbitro Gustavo Correia apontou para a marca de penálti.

Na cobrança, já no minuto 90, Fabrício enganou Daniel Guimarães e apontou o golo da vitória para os algarvios.

Com este importante triunfo, o Portimonense soma agora sete pontos e deixa, à condição, o último lugar da tabela. Na próxima jornada, a nona do campeonato, a formação de Paulo Sérgio desloca-se ao reduto do Vitória de Guimarães, no sábado, dia 5 de dezembro, às 15h30.