Nova reserva de água do Barlavento está em fase de conclusão

  • Print Icon

Nova reserva de água do Barlavento está em fase de conclusão. Investimento da Águas do Algarve supera os 2,6 milhões de euros.

A nova reserva de água do Barlavento localizada na freguesia de São Sebastião, em Lagos, assenta num investimento na ordem dos 2.605.000 euros e tem como objetivo aumentar a disponibilidade, tendo em vista a garantia da consolidação dos resultados já obtidos no sentido de melhorar a segurança, fiabilidade e a resiliência dos sistemas, nos contextos de incerteza crescente e os efeitos das alterações climáticas.

A obra encontra-se em fase de conclusão, estando em curso a aplicação do revestimento interior das células construídas, a execução dos arranjos exteriores e as ligações ao Reservatório Final de Lagos. Estima-se que todos os trabalhos estejam finalizados durante o mês de março de 2022, informa hoje a Águas do Algarve.

Esta empreitada integrou a construção de um Reservatório composto por duas células com 5.000 metros cúbicos cada uma e uma câmara de manobras, a interligação com a reserva existente de forma a funcionar como uma única, apesar de diversas células, e o desvio da conduta existente e instalada na área de implantação do reservatório a construir.

A nova reserva visa colmatar o necessário aumento da capacidade de armazenamento do sistema de abastecimento do Barlavento, associado à Estação de Tratamento de Águas (ETA) das Fontaínhas.

Integra um conjunto de soluções estudadas para resolver as limitações e fragilidades do Subsistema do Barlavento, e visa colmatar o necessário aumento da capacidade de armazenamento, promovendo também a capacidade de regularização da ETA das Fontainhas, evitando a interrupção do abastecimento nos pontos de entrega em alturas de ponta no consumo e em períodos de manutenção programada das infraestruturas.

Toda a intervenção proporcionará o aumento muito significativo da reserva do Reservatório Final de Lagos, através da construção de um novo reservatório contiguo ao existente, composto por duas células, cada uma com um volume de 5.000 metros cúbicos, representando um reforço total de 10.000 metros cúbicos ao Reservatório final, que apresenta atualmente a capacidade de armazenar cerca de 1.100 metros cúbicos.

O novo reservatório será ligado ao reservatório existente de modo a funcionarem como uma reserva única.

Cumprindo todos os prazos previsto, a obra está a ser executada pela Seth – Sociedade de Empreitadas e Trabalhos Hidráulicos SA, cujo contrato foi celebrado no dia 10 de dezembro de 2020, pelo valor de 2.391.030,19 euros.

A Fiscalização dos trabalhos está a cargo da Vitor Hugo – Coordenação e Gestão de Projetos, SA (VHM), cujo contrato foi celebrado no dia 4 de março de 2021, pelo valor de 158.030 euros.