Músicos algarvios solidários erguem palco no Hospital de Faro

  • Print Icon

Solidariedade de Músicos ergue palco no Hospital de Faro.

A Associação Recreativa e Cultural de Músicos (ARCM) apresenta, em parceria com o Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA), e o apoio financeiro, logístico e técnico da Câmara Municipal de Faro (CMF), a iniciativa inédita: «Natal das Ruas no Hospital de Faro», hoje, segunda-feira, dia 21 de dezembro, no recinto desta unidade hospitalar, a partir das 15 horas.

O evento é amplamente solidário. Se por um lado, visa aligeirar e proporcionar bons momentos aos utentes e aos funcionários, por outro, pretende ajudar os músicos e técnicos do sector da cultura, cujos postos de trabalho e fontes de rendimento foram fortemente afetados pela atual conjuntura.

Trata-se de um ano atípico. Os organizadores são unânimes em considerá-lo.

Não se pode ignorar o contexto de pandemia em que o Mundo vive e os impactos na economia do país. Afirmá-lo é também, em simultâneo, ter a obrigação de reconhecer o notável desempenho das unidades hospitalares do Algarve, e a dedicação de médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica, bem como de técnicos operacionais e auxiliares de saúde.

Proporcionar bons momentos de descontração, em forma de agradecimento, é o que se pretende, acrescentam os promotores.

Assim, conjugam-se esforços e pisam o palco, montado no recinto exterior do Hospital de Faro, mais de 20 músicos algarvios, entre os quais se encontra o prestigiado acordeonista Gonçalo Pescada, Mateus Verde (cantautor algarvio), Anymal Racional (hip-hop), Mauro Amaral (novo folk), Fernando Leal (pop-rock), o guitarrista, baixista, e vocalista Tiago Valentim, a fadista Melissa Simplício e as bandas Lighthousers e Vol’art Ensemble, às quais se junta, ainda, o projeto pioneiro de comédia no Algarve, do projecto SIGA, 8000 Comedy Club.

«Natal das Ruas», criação de Miguel Baptista, organizado desde 2015, em Quarteira (Loulé), conta agora com a adaptação e recriação do músico e produtor Mauro Amaral, em Faro, através da ARCM e das parcerias estabelecidas com a CMF e o CHUA, e a assessoria e apoio técnicos das empresas Mentecapta e Dirtysock, e será transmitido em direto, via internet, para todos os espectadores interessados aqui e aqui.

A Associação Recreativa e Cultural de Músicos criou também o Fundo Solidário ARCM, para o qual é possível contribuir através dos seguintes meios: MBWAY 968506072 ou NIB 0036 0221 99100007204 31. Os donativos angariados revertem a favor dos músicos algarvios.