Loulé transfere novas competências para Quarteira em «acordo histórico»

  • Print Icon

Entendimento envolve um montante de 2,5 milhões de euros.

O acordo entre a Câmara Municipal de Loulé e a Junta de Freguesia (JF) de Quarteira para a transferência de competências foi aprovado na Assembleia Municipal e na Assembleia de Freguesia no dia 30 de dezembro.

Este entendimento envolve um montante de 2,5 milhões de euros, que permitirá «reforçar a qualidade dos serviços prestados pela JF à população» na opinião do presidente da Junta, Telmo Pinto, que realça que este acordo «resulta de um entendimento muito forte» entre a autarquia que lidera e a Câmara Municipal de Loulé, nomeadamente através do seu presidente Vítor Aleixo, «parceiro fundamental no acordo celebrado».

«É necessária coragem política para descentralizar poder em prol da população e foi isso que permitiu chegarmos a este acordo histórico, só comparável à realidade autárquica dos grandes municípios», enfatiza Telmo Pinto, para salientar que esta decisão «marca uma viragem inovadora na forma de fazer gestão pública na freguesia de Quarteira, como também no nosso concelho».

O autarca avisa que «os próximos meses vão ser de muitas mudanças e de muito trabalho, mas o mais importante é que neste processo todos nós ganhámos», reconhecendo que «a comunidade quarteirense passa a ser protagonista no momento de decidir», pois a verba transferida para a JF «permitirá melhorar substancialmente a qualidade dos serviços de proximidade».

Assim, a Junta poderá «fazer uma gestão ainda mais próxima ao cidadão dos serviços de manutenção dos espaços verdes, limpeza urbana, ocupação do espaço público e publicidade, mobiliário urbano, edifícios escolares e envolventes (pré-escolar e 1º ciclo) além de feiras e mercados».