Loulé mostra o futuro Centro de Educação e Cultura de Quarteira

  • Print Icon

As várias propostas de arquitetura do futuro Centro de Educação e Cultura de Quarteira vão estar em exposição na Galeria de Arte Praça do Mar a partir de sábado.

O município de Loulé, com a colaboração técnica da Ordem dos Arquitetos, realizou um concurso público para a concepção e elaboração de projetos para o novo Centro de Educação e Cultura de Quarteira (CECQ).

O concurso recebeu 29 propostas que vão estar em exposição, na Galeria de Arte Praça do Mar, a partir de sábado, dia 14 de dezembro. A inauguração está marcada para as 18h30.

1º classificado. Autoria: Pedro Domingos Arquitectos.

Entre outros nomeados, o júri contou com a presença de especialistas de várias áreas, como o arquitecto Gonçalo Byrne (responsável pelo projeto do Teatro das Figuras, em Faro), e personalidades da área da programação cultural e da educação, como Rui Horta, Manuel Rocha, José Bastos e João Aidos.

Do conjunto foram selecionados três vencedores. O projeto coordenado pelo arquiteto Pedro Domingos ficou em primeiro lugar, pela «clara harmonia de relação do trabalho e fluxos de público à volta de um grande pátio-jardim, com uma centralidade muito forte e de feliz funcionalidade e articulação eficiente».

2º classificado. Autoria: Pedro Matos Gameiro Arquitecto lda + Bugio II – arquitectura unipessoal lda.

Além disso, a proposta vencedora destaca-se pela «muito alta qualidade arquitetónica e construtiva, coerente com o programa e com espírito de conceito/missão cultural e artística ambicionada para o futuro CECQ. O pátio-jardim evoca a tradição e imaginários mediterrânicos remetendo de forma pertinente e inspiradora para as tipologias de casa-pátio e jardins árabes».

3º classificado. Autoria: J. M. Carvalho Araújo, Arquitectura e Design S.A.

De acordo com os termos de referência do concurso público, foram ainda selecionadas as propostas de Pedro Matos Gameiro Arquitecto Lda + Bugio II – arquitectura unipessoal Lda (2º prémio) e a de J. M. Carvalho Araújo, Arquitectura e Design S.A (3º Prémio). Assim, os três vencedores arrecandam 12500 euros; 10 mil euros e 7500 euros, respetivamente.

O júri decidiu ainda atribuir duas menções honrosas às propostas de Campos Costa Arquitectos e ao trabalho dos EMB 3.0 LDA (Embaixada Arquitectura).

Menção honrosa. Autoria: Campos Costa Arquitectos.

O Centro de Educação e Cultura de Quarteira pretende constituir-se como «uma nova centralidade que vem reforçar o papel do concelho de Loulé ao nível local, regional e nacional já que integrará no seu projeto meios e ferramentas que permitirão atrair, formar e fixar talento e criatividade e, ainda, gerar redes culturais e de educação locais, nacionais e internacionais».

Menção honrosa. Autoria: EMB 3.0 LDA (Embaixada Arquitectura).

A exposição poderá ser vistada até 11 de janeiro de 2020.

O relatório final do júri pode ser lido aqui.