Loulé: Jovens vigilantes florestais assinalaram Conservação da Natureza

  • Print Icon

Jovens integram programa «Vigilância Florestal – Voluntariado Jovem».

O Dia Nacional da Conservação da Natureza assinalou-se na quarta-feira, dia 28 de julho, e para celebrar a efeméride, o Serviço Municipal de Proteção Civil de Loulé promoveu uma atividade lúdica entre as suas equipas de voluntários de vigilância florestal que se encontram no terreno, de forma a destacar a importância da conservação do património natural.

Os jovens tiveram a oportunidade de realizar alguns trabalhos com materiais naturais que recolheram durante o período de vigilância e receberam informações sobre o dispositivo municipal de prevenção e combate aos fogos florestais, assim como o trabalho desenvolvido pela Equipa de Sapadores Florestais e pelos elementos do Exército durante este período de verão, em que o risco de incêndios é mais elevado.

O programa «Vigilância Florestal – Voluntariado Jovem», promovido pela autarquia de Loulé há já alguns anos, tem como objetivo principal a prevenção e deteção de fogos florestais, sensibilização e informação à população (entrega de folhetos) e interação com os idosos que vivem isolados nas áreas de Alte, Ameixial, Benafim, Querença, Salir e Tôr.

Para além da aprendizagem relacionada com os incêndios florestais e as caminhadas ao ar livre, o programa favorece as relações interpessoais entre os elementos dos grupos e fomenta a cultura de proteção e valorização do património comum, a floresta, dando a conhecer a alguns jovens estas zonas do concelho.

Refira-se que o Dia Nacional da Conservação da Natureza tem como objetivo consciencializar os cidadãos para os problemas da «Mãe Natureza» e para a necessidade urgente da sua conservação. «É um dia de reflexão para a situação da natureza em Portugal e no mundo, que ganha cada vez maior relevância face aos problemas causados pelo aquecimento global e pelas alterações climáticas», remata a Câmara Municipal de Loulé.