Grande Prémio MEO de Portugal 2020 traz a elite das motas a Portimão

  • Print Icon

A elite do motociclismo chega ao Autódromo Internacional do Algarve (AIA), em Portimão, este fim de semana para disputar o Grande Prémio MEO de Portugal 2020.

O piloto português Miguel Oliveira promete vitória em palco nacional, na última ronda do Grande Prémio de Moto GP que decorre entre os dias 20 e 22 de Novembro, no Autódromo Internacional do Algarve (AIA).

O circo das autênticas feras de duas rodas do Moto GP, já circulam no paddock do circuito algarvio.

Neste primeiro dia de agitação, reforçam-se e definem-se as estratégias para o fim de semana que garante ser de enorme emoção.

Enquanto os mecânicos fazem as últimas preparações às motos, técnicos e pilotos percorrem a pé, em plena tarde ensolarada de novembro, os montes e vales daquela que é por muitos reconhecida como a «montanha-russa».

O cenário perfeito para terminar o campeonato.

Apesar de Joan Mir, ter já alcançado o título de campeão na ronda do último fim de semana em Valência, com uma diferença de 30 pontos na tabela, o palco algarvio é na mesma um verdadeiro desafio para os pilotos que querem terminar a época na sua melhor posição.

Este será um fim de semana de sonho para Miguel Oliveira que vai poder rodar naquela que é a sua casa.

O entusiasmo do piloto português é notável e não esconde as suas expectativas promissoras para elevar a bandeira portuguesa ao primeiro lugar do pódio.

Moto 3 e Moto 2: A decisão

Se na categoria rainha o título já está atribuído o verdadeiro duelo de titãs será nas categorias de Moto 2 e Moto 3, com quatro candidatos na luta pelo título de campeão em Moto 2 e três em Moto 3.

Enea Bastianini, Sam Lowes, Luca Marini e Marco Bezzecchi são os nomes que rodam e marcam este fim de semana numa corrida de Moto 2 que será alucinante.

Em Moto 3, Arenas, Ogura e Arbolino irão dar tudo em pista para fechar o ano com o título máximo neste campeonato.

O mínimo erro pode ser fundamental na decisão do pódio. Um verdadeiro pico de emoções que tem como palco o AlA, nesta derradeira prova onde tudo se vai decidir.

Portugal volta a ser o foco das atenções este fim de semana, após 8 anos de ausência da elite do Motociclismo.

A luz verde no circuito algarvio, acende-se às 14 horas, no domingo, dia 22 de novembro para a última ronda do Grande Prémio MEO de Portugal.