Gil Vicente derruba «à bomba» Portimonense reduzido a 10

  • Print Icon

Expulsão de Lucas Fernandes deixou Portimonense à mercê de um Gil Vicente que mostrou bom futebol.

Em visita a um concorrente pelos lugares europeus, o Portimonense foi até Barcelos para defrontar o Gil Vicente neste domingo, dia 23 de janeiro, numa partida a contar para a jornada 19 do campeonato da Primeira Liga.

Desde cedo se percebeu que os alvinegros não iam ter uma tarde fácil. Os gilistas pressionaram desde cedo e aos 14 minutos, Samuel Portugal já tinha de brilhar para negar o golo a Fran Navarro.

A tarefa com 11 já se afigurava complicada, mas ainda ficou pior com a expulsão de Lucas Fernandes aos 25 minutos, por acumulação de amarelos, numa imprudência do médio brasileiro que pisou o adversário.

A partir daqui, intensificou-se o domínio dos homens de Barcelos, que à passagem do minuto 37 voltaram a assustar (e de que maneira) o Portimonense, quando Lucas Cunha, na sequência de um canto, falhou de forma incrível o golo.

Apesar da inferioridade numérica e da superioridade minhota, os comandados de Paulo Sérgio seguraram o nulo até ao intervalo.

No regresso dos balneários, mais do mesmo. A partida tinha sentido único e era o Gil Vicente a criar os lances mais perigosos.

Ao minuto 59, Lucas Possignolo ficou a centímetros de marcar na própria baliza, após um cruzamento venenoso de Talocha. Três minutos depois, foi Pedrinho a ficar a centímetros do golo num remate de fora da área.

A muralha defensiva do Portimonense era cada vez mais densa e só podia ser derrubada à bomba. E foi isso mesmo que Pedrinho fez aos 74 minutos.

O medio dos minhotos, com muito espaço à entrada da área, não foi de modas e disparou sem qualquer hipótese para Samuel Portugal, dando justiça ao marcador.

No minuto seguinte o Gil Vicente só não fez o segundo porque Samuel Portugal, com mais uma excelente defesa, negou a tentativa de Fujimoto.

Os forasteiros algarvios nunca conseguiram reagir ao golo gilista, fruto da inferioridade numérica e do controlo total da partida por parte do Gil Vicente. Na realidade, durante toda a partida, os alvinegros nunca tiveram uma verdadeira chance de golo.

Com esta derrota por 1-0, o Portimonense estaciona no oitavo lugar da classificação com 25 pontos. Na próxima jornada, a turma algarvia recebe o Tondela, no domingo, 30 de janeiro, as 15h30.