Farense volta a perder na receção ao Rio Ave (0-1) e mantém último lugar

  • Print Icon

Algarvios procuravam somar a primeira vitória no campeonato mas acabaram por perder novamente, mantendo o último lugar, com apenas um ponto em cinco jogos.

O Farense entrou bem, e logo aos dois minutos até introduziu a bola na baliza adversária, para gáudio dos adeptos que, finalmente, tiveram autorização para voltar às bancadas. No entanto, o árbitro viu algo que mais ninguém conseguiu ver: uma «falta» de Gauld sobre Kieszek – o escocês desviou a bola do guardião adversário, fora da pequena área, e até é este a entrar de pé à frente sobre o jogador algarvio, provocando o contacto que levou o juiz a anular o golo.

A turma algarvia até continuou a ter mais bola, mas quem chegou ao golo foi o Rio Ave – ao minuto 20, Carlos Mané,  no flanco esquerdo, fletiu para dentro e atirou em arco para o fundo das redes de Defendi, num grande momento de futebol.

Apesar do contratempo, os comandados de Sérgio Vieira mantiveram o domínio da partida. A equipa tinha mais bola, tinha volume ofensivo mas faltava clarividência no último terço. Na zona defensiva, várias abordagens descuidadas iam causando um ou outro calafrio e dando força a um Rio Ave que até se deslumbrava com as facilidades.

Um bom exemplo disso ocorreu ao minuto 40: Eduardo Mancha perdeu a bola, Diego Gonçalves fez o que quis da defensiva algarvia e assistiu Lucas Piazon, que por sua vez adornou para Ronan. O avançado brasileiro dos vilacondenses, no entanto, não conseguiu finalizar, e o árbitro interrompeu a partida por offside, mantendo-se o 0-1 até ao intervalo.

Farense Rio Ave
Foto: Nélson Ferreira

Os anfitriões voltaram a entrar melhor na segunda metade e, aos 54 minutos, um cruzamento de Alex Pinto quase proporcionava um cabeceamento a Lucca, mas o médio brasileiro só conseguiu pentear o esférico.

Sérgio Vieira alterou o esquema da equipa com as entradas de Mansilla e Madi Quieta, para os lugares de Lucca e Alex Pinto, descendo Amine para a lateral direita e colocando Gauld no cento do terreno. As alterações deram outra dinâmica ao Farense, que aumentou a pressão e empurrou o Rio Ave para a sua zona defensiva.

E aos 70 minutos, os Leões de Faro quase chegaram ao golo. Mansilla cruzou de forma tensa para o centro da área mas Ryan Gauld não conseguiu emendar para a baliza, atirando por cima.

O treinador da equipa de Faro tentou ainda mudar o rumo do jogo lançando Bilel (em estreia) e Patrick em jogo. Mais uma vez, haveria de ser Ryan Gauld a ter nova chance, rematando após assistência de Bilel para uma defesa segura do polaco Kieszek.

O jogo chegou ao fim com nova derrota para o conjunto algarvio, que continua a somar apenas um ponto no campeonato e fica mais uma semana isolado no último lugar da classificação. O golo anulado não pode justificar, por si só, tanta falta de acerto no ataque.

Na próxima jornada do campeonato, que será a 6ª, o Farense desloca-se ao terreno da B SAD, em partida marcada para sábado, 31 de outubro, às 15h30.