Farense volta a marcar passo com nulo frente ao Sporting da Covilhã

  • Print Icon

Estádio de São Luís acolheu duelo de candidatos à subida, que terminou com uma divisão de pontos.

Sérgio Vieira lançou no 11 inicial o reforço Lucca e o regressado Matheus Silva, que esteve ausente por lesão. No lado do Sporting da Covilhã, dois algarvios no 11 inicial: Mica e Carlos Henriques.

Num início bastante disputado, a primeira chance de golo pertenceu aos leões de Faro: foi Fabrício Simões a rematar com perigo após um livre de Ryan Gauld (13′).

O Sporting da Covilhã ia contendo bem as investidas algarvias, revelando qualidade com bola e impondo algum ascendente na partida.

Foi na sua melhor fase que os serranos podiam ter chegado ao golo – Mica rematou forte para uma defesa apertada de Hugo Marques (34′). Volvidos quatro minutos, nova oportunidade para os forasteiros: desta feita foi Kukula que surgiu na cara do guardião angolano, que respondeu com uma grande defesa.

O Farense respondeu por Matheus Silva, que ao minuto 41, na sequência de um canto, cabeceou para uma boa intervenção de Carlos Henriques, desperdiçando a última chance de desfazer o nulo até ao descanso.

Farense Sporting da Covilhã
Foto: Nelson Ferreira

A ida aos balneários não mudou a toada do jogo. As equipas não primavam pela dinâmica nas suas ações e havia uma certa aversão ao risco.

O Farense demonstrou alguma dificuldade na construção, abusando do chutão para a frente, quase sempre para os flancos, e quase sempre de forma inócua.

Os algarvios só aos 72 minutos conseguiram visar a baliza do Sporting da Covilhã – foi o baixinho Ryan Gauld a cabecear ao lado.

Este lance deu um ligeiro tónico aos comandados de Sérgio Vieira, que falharam uma grande oportunidade à passagem do minuto 78, quando o guardião algarvio Carlos Henriques se agigantou perante o isolado Fábio Nunes, tapando os caminhos das suas redes.

Ao longo da etapa complementar, o técnico do Farense lançou Hugo Seco, Miguel Bandarra e André Vieira na tentativa de chegar à vitória, e foi precisamente este último a obrigar Carlos Henriques a nova excelente defesa (83′).

No entanto, o empate prevaleceu até a ao fim e o Farense permite à concorrência uma aproximação aos lugares de subida. Os homens de Faro somam agora 34 pontos, mais quatro que o terceiro classificado. O próximo jogo será em Lisboa, frente ao Casa Pia, no próximo domingo, dia 26 de janeiro, às 15h00.