Farense empata frente ao Penafiel e continua sem vencer no campeonato

  • Print Icon

No regresso ao Estádio de São Luís, o Farense voltou a marcar passo e somou novo empate, agora frente ao Penafiel, na 10ª jornada de um campeonato onde os algarvios ainda não conheceram o sabor da vitória.

Ainda alguns espetadores tomavam o seu lugar no estádio nesta tarde de segunda-feira, dia 1 de novembro, quando o Penafiel abriu o marcador.

Na ressaca de um pontapé livre, logo ao terceiro minuto, a segunda bola sobrou para João Amorim que, sem qualquer oposição, rematou para um grande golo e colocou os penafidelenses na frente.

No entanto, o Farense respondeu quase de imediato! Dois minutos volvidos, após um cruzamento de Amine, Elves Baldé apareceu a cabecear para a igualdade.

Manter a intensidade destes minutos iniciais era complicado, mas o Farense continuou a procurar a vantagem. Mayambela, aos 18 minutos, trabalhou bem e teve o golo nos pés, mas Caio Seco negou a tentativa.

Mas quem acabou por marcar mesmo foi o Penafiel, ao minuto 31. Foi num lance de insistência, em que Robinho assistiu Roberto, que no coração da área atirou sem hipóteses para Ricardo Velho. O Farense ficou a pedir falta no início da jogada, mas o golo valeu mesmo e o placard passou para 1-2, resultado com que as equipas foram para o descanso.

Farense
Fotografia: Nelson Ferreira

Fanã mexeu na equipa e lançou, para a segunda metade, Pedro Henrique, Bura e Loide Augusto, nos lugares de Bandarra, Amine e Mayambela.

O Farense respondeu bem e criou perigo por Abner, aos 56 minutos, mas o remate do lateral brasileiro foi travado com segurança pelo guardião Caio Seco. No minuto seguinte, foi Elves Baldé a tirar um cruzamento para Ponde, que viu o keeper do Penafiel fazer mais uma enorme defesa a negar o empate.

O técnico algarvio não estava satisfeito com o que via e arriscou, retirando Lucca e fazendo entrar Madi Queta para o seu lugar.

Os Leões de Faro acabaram por conseguir chegar ao empate numa altura em que já muito o mereciam, num lance muito infeliz da defensiva nortenha. Mica, à entrada da área, rematou para um alívio falhado por Lucas Tagliapietra, que acabou por trair o guarda-redes e dar a igualdade à turma algarvia (74′).

Apesar da vontade algarvia em chegar à vitória, o discernimento mostrado foi residual. O Farense somou más decisões com o passar dos minutos e, já em período de compensação, só não sofreu o golo da derrota por Ricardo Velho se agigantou perante Ronaldo Tavares.

Com este resultado, o Farense fica no 16º lugar da classificação, com seis pontos, continuando sem qualquer vitória no campeonato.

Na próxima jornada do campeonato, o Farense desloca-se à Covilhã, no domingo, dia 7 de novembro, às 19h30.