Beto garantiu em Famalicão a terceira vitória consecutiva do Portimonense

  • Print Icon

A viver uma fase positiva, os alvinegros deslocaram-se, nesta 27ª jornada, até Famalicão, onde firmaram a terceira vitória consecutiva, desta vez por 0-1, com o 10º golo de Beto no campeonato.

A turma algarvia entrou no relvado do Estádio Municipal de Famalicão nesta tarde de domingo, dia 18 de abril, com vontade de controlar a partida, conseguindo empurrar os famalicenses para trás durante os minutos iniciais.

Apesar da boa entrada, Paulo Sérgio teve uma contrariedade logo ao minuto 11. O portimonense Willyan chocou contra a cabeça do adversário Patrick William, ambos ficaram em muito mau estado mas, no rescaldo, foi mesmo o jogador dos algarvios a ter de sair por não ficar em condições de continuar a jogar. Para o seu lugar, entrou Pedro Sá.

A partida continuou e foi o Portimonense a quase marcar o primeiro da partida, aos 18 minutos. Beto surgiu na área a rematar cruzado mas Luiz Júnior, keeper dos minhotos, negou a alegria com uma bela defesa.

Os homens da casa iam tendo dificuldades com a motivação algarvia mas, ainda assim, podiam ter tomado a dianteira do marcador à passagem do minuto 41. Rúben Vinagre conduziu pela esquerda do ataque nortenho e assistiu Anderson Silva, que na área, completamente solto de marcação, cabeceou por cima.

Quem agradeceu foram mesmo os algarvios que, já em período de compensação da etapa regulamentar, acabaram por abrir o ativo. E quem haveria de ser? Beto, pois claro. O avançado aproveitou a passividade defensiva do Famalicão, ganhou a bola na área e atirou para o fundo das redes. Foi o 10º golo no campeonato do avançado português, que vai vivendo um grande momento de forma.

Após o intervalo, foi o Portimonense a ter uma grande oportunidade de fazer o 2-0. Koki Anzai ganhou posição e, na cara de Luiz Júnior, permitiu a intervenção do guardião famalicense.

Naturalmente, os homens de Famalicão tentaram encostar o Portimonense atrás, na busca pelo empate. E até podiam ter conseguido a desejada igualdade, aos 60 minutos, mas Anderson Silva, para deleite algarvio, voltou a mostrar-se perdulário.

Os alvinegros não deixaram de espreitar as saídas rápidas para o ataque e voltaram a dispor de boa chance para ampliar a contagem. Mais uma vez Beto, a cabecear em resposta a um belo cruzamento de XXXX, mas Luiz Junior negou o bis ao avançado.

Até ao fim, a turma de Portimão conseguiu suster as investidas minhotas na busca pelo empate, garantindo uma vitória muito importante, que dá boas perspetivas na luta pela manutenção.

Com este resultado, o Portimonense soma 32 pontos e sobe ao 9º lugar do campeonato. Na próxima jornada, é a vez de o Benfica se deslocar ao Estádio Municipal de Portimão, quinta-feira, dia 22 de abril, às 19h00.