ANEPC aciona Dispositivo de Prevenção e Intervenção Rodoviária

  • Print Icon

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) vai acionar um Dispositivo de Prevenção e Intervenção Rodoviária para esta época festiva.

Considerando que a época de Natal e de Ano Novo está, tradicionalmente, associada a um acréscimo do tráfego rodoviário, a que se junta, este ano, a previsão de condições meteorológicas adversas para os próximos dias, as Forças de Segurança, Guarda Nacional Republicana e Polícia de Segurança Pública, e a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil estão a reforçar a presença nas estradas, com o objetivo de «aumentar a segurança dos portugueses».

As entidades pretendem, desta forma, «mobilizar meios humanos e materiais adequados, elevando o nível de prontidão, rapidez de intervenção e qualidade do serviço de socorro na área do pré-hospitalar», contribuindo ainda, através de uma presença visível em locais estratégicos, para a promoção da segurança rodoviária e para a diminuição da sinistralidade.

Este Dispositivo de Prevenção e Intervenção Rodoviária será acionado nos dias 23, 24 e 26 de dezembro e nos dias 31 de dezembro e 2 de janeiro, sendo composto por 780 bombeiros e 236 veículos dos Corpos de Bombeiros com valências na área do socorro, e que estará em prontidão permanente preposicionado em 123 locais estratégicos, nas proximidades das vias rodoviárias com maior fluxo de trânsito, em função do histórico e dinâmica dos movimentos pendulares que se verificam em cada distrito.

GNR e PSP reforçam sensibilização e fiscalização no Natal e Ano Novo

Esta forte presença da ANEPC nas estradas portuguesas junta-se ao já habitual reforço das ações de sensibilização e fiscalização das Forças de Segurança nas épocas de Natal e Ano Novo.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) já tem no terreno a Operação «Natal e Ano Novo 2021», que decorre até 2 de janeiro, com o objetivo de intensificar o patrulhamento rodoviário nas vias de maior tráfego durante este período, através do esforço de patrulhamento, de forma a garantir as festividades e as deslocações em segurança.

A Guarda terá em conta o maior fluxo rodoviário nos trajetos dos locais de residência habitual dos cidadãos para os locais de festividades associadas às comemorações do Natal e do Ano Novo.

Durante a operação, serão empenhadas várias valências das diversas Unidades da GNR, em várias ações de patrulhamento, fiscalização e sensibilização, estando particularmente atenta aos comportamentos de risco dos condutores, nomeadamente excesso de velocidade, manobras perigosas, correta sinalização e execução de manobras de ultrapassagem, de mudança de direção e de cedência de passagem, utilização indevida do telemóvel, circulação correta na via mais à direita, bem como a incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou dos sistemas de retenção para crianças.

Também a Polícia de Segurança Pública (PSP) já deu início à operação «Polícia Sempre Presente: Festas em Segurança 2021-2022», com o lema «Celebre connosco em segurança», reforçando a sua presença nas estradas até 3 de janeiro.

A PSP aumentará a sua presença na via pública, reforçando a visibilidade e capacidade de prevenção de ocorrências, contribuindo para o aumento do sentimento de segurança dos cidadãos. Por estes dias, a Polícia vai intensificar a realização de operações de fiscalização, com especial incidência nas principais causas da sinistralidade: velocidade excessiva, uso do telemóvel durante a condução, não uso de cinto de segurança e sistemas de retenção e condução sob o efeito de álcool e substâncias psicotrópicas.

Na semana que antecede o Natal este aumento da fiscalização verificar-se-á, não só nos grandes centros urbanos mas também nos acessos aos principais eixos rodoviários.

ANSR também nas estradas com campanhas de sensibilização

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) vai lançar duas campanhas – de Natal e Ano Novo – que visam sensibilizar os condutores para os perigos associados a comportamentos de risco ao volante, tais como o excesso de velocidade, o efeito do álcool ou o uso do telemóvel nas viagens para os locais de encontro familiar ou diversão e no regresso a casa.

Sob o mote «O Melhor Presente é Estar Presente», as campanhas serão divulgadas na televisão, rádio, imprensa regional e local e nas redes sociais, entre outros meios, nos períodos de 22 a 27 de dezembro e de 28 de dezembro a 2 de janeiro.

As duas campanhas vão contar com mais de 70 parceiros, que se associam ao grande propósito coletivo de «salvar vidas» e ao objetivo de Zero Mortes na estrada.

O Ministério da Administração Interna reafirma assim «uma das prioridades estratégicas da sua atuação – reforçar a segurança rodoviária e combater a sinistralidade – como pilar fundamental da segurança dos portugueses e da sociedade em geral».