AMAL implementa sistema de compras públicas de bens alimentares

  • Print Icon

Investimento cifra-se nos 167 mil euros.

A Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) implementou o projeto «Sistemas Alimentares Sustentáveis», que visa a implementação de um sistema de compras públicas agregadas da produção local para abastecimento de instituições locais e regionais, como por exemplo escolas e Instituições Particulares de Solidariedade Social, entre outras.

Este projeto baseia-se em circuitos curtos de comercialização, assentes em modos de produção e consumo ambientalmente sustentáveis, que promovam a biodiversidade, os conhecimentos tradicionais e as dietas saudáveis, com grande foco na dieta mediterrânica.

Como principais ações, destacam-se a organização de cadeias curtas de comercialização, a estruturação do mercado institucional do alimento ao nível dos municípios e a implementação de duas ações-piloto em escolas.

Está igualmente prevista a realização de diversas ações de informação dirigidas a produtores e de formação de cozinheiros(as), responsáveis pela confeção e aprovisionamento escolar e a composição de um Conselho Regional de Alimentação.

O investimento de cerca de 167 mil euros, a realizar entre 2021 e 2022, é assegurado pela AMAL e pelo FEDER (70 por cento), através do Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020 (Plano de Ação e de Desenvolvimento de Recursos Endógenos), cuja candidatura foi agora aprovada.