Trinta equipas estrangeiras pedem convite para Volta ao Algarve 2021

  • Print Icon

A 47ª edição da Volta ao Algarve, agendada para 17 a 21 de fevereiro de 2021, está a merecer um interesse acrescido por parte do pelotão internacional.

Até ao momento já 30 equipas estrangeiras, 16 das quais do WorldTour, pediram um convite para participar na corrida portuguesa do circuito ProSeries.

A qualidade da organização, o mediatismo internacional da prova, a excelente qualidade da hotelaria do Algarve e a segurança do destino Portugal, particularmente do Algarve, em tempo de pandemia justificam este interesse por parte de algumas das principais formações do pelotão internacional.

A Federação Portuguesa de Ciclismo, organizadora da Volta ao Algarve, irá, nas próximas semanas, definir o pelotão da corrida.

A escolha terá em conta as 16 equipas de categoria superior, WorldTeam, mas também as formações continentais portuguesas e os conjuntos de nível ProTeam que solicitaram convite.

A Volta ao Algarve é um dos mais importantes acontecimentos desportivos do país.

Em 2020 foi a segunda melhor corrida do circuito ProSeries em função da qualidade do pelotão e a 17.ª melhor, incluindo também as provas do circuito WorldTour, Mundiais e Europeus (ver ranking aqui).

A qualidade da Volta ao Algarve atrai um mediatismo nacional e internacional de grande monta.

A edição de 2020 contou, em Portugal, com uma cobertura mediática com um retorno estimado pela Cision em mais de 11 milhões de euros.

Fora de Portugal, além da transmissão televisiva em direto para 83 países em quatro continentes, foram registadas 1275 notícias sobre a Volta ao Algarve.

O mediatismo global da corrida faz com que a marca Algarve tenha um pico de notoriedade mundial durante a realização da prova.

Em 2020, a pesquisa pela palavra «Algarve» a nível mundial na semana de realização da Volta ao Algarve apenas foi superada pelas pesquisas durante o verão, pico da oferta turística na região. Dados recolhidos na plataforma Google Trends.