Marina de Albufeira tem o primeiro karting elétrico indoor em Portugal

  • Print Icon

Empresa Hot Shot Bowling Centre tem o primeiro karting elétrico indoor em Portugal na Marina de Albufeira.

São 16 os karts elétricos que a pista de 400 metros, situada no parque de estacionamento subterrâneo da Marina de Albufeira, tem agora à disposição dos aficionados das corridas. Equipamento inaugurou na tarde de sexta-feira, dia 19 de novembro e é agora o o primeiro karting indoor 100 por cento elétrico em Portugal.

No local existia, desde 2015, um kartódromo tradicional, operado pela empresa de entretenimento Hot Shot Bowling Centre. O proprietário Geoffrey Meadows, em conjunto com o genro e gerente Barry, começaram a matutar na ideia para a descarbonização, há cerca de um ano. A premissa prioritária foi a saúde. «Em julho e em agosto, quando estamos no pico da nossa afluência, ao entrarmos no espaço, observávamos tanto fumo e gases concentrados que pensávamos em arranjar uma alternativa, antes de causar um incidente sério», recordou ao barlavento Meadows, que destacou ainda o facto de a poluição sonora passar, agora, a ser, praticamente nula.

Também os gastos com a gasolina e as emissões de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera entraram na equação. «Num verão, chegamos a ter cerca de 2000 clientes, e a maior fatia dos nossos lucros era para as despesas com a gasolina. Durante a época alta, chegávamos a gastar cerca de oito ou nove mil euros apenas para abastecer os karts. Depois, ainda toda a logística de ir e vir muitas vezes aos postos de abastecimento de combustível, regressar e atestar os carros», acrescentou o gerente.

Assim, com um kartódromo elétrico, «temos um espaço mais saudável e seguro, onde ninguém inala gases de escapes, mais limpo para a população, e também para nós que ali trabalhamos todos os dias», acrescentou ainda.

Para o proprietário da empresa, «esta era a solução que precisávamos. Estávamos a gastar tanta gasolina que não podíamos continuar com o consumo. Com as mudanças ambientais que o mundo está a implementar, sabíamos que tínhamos de nos atualizar e seguir também essa linha» ambiental.

A requalificação do Karting da Marina de Albufeira resultou de um investimento de 250 mil euros, inserido na Linha de Apoio à Qualificação da Oferta, um instrumento financeiro de apoio às empresas do sector do turismo, criado pelo Turismo de Portugal em parceria com o sistema bancário. A consultoria de todo o processo ficou ainda a cargo da empresa «Buy Me Business».

Requalificação vai «acentuar procura pela Marina»

Ricardo José, subdiretor da Marina de Albufeira e João Bento, diretor técnico também marcaram presença na inauguração da pista de corridas verde.

Ao barlavento, Ricardo José reconheceu que o desporto que agora se torna sustentável «enquadra-se no âmbito daquilo que é a Marina de Albufeira, onde sempre existiu uma grande preocupação pelas questões ambientais, sendo certificada pela norma ISO 14001 [Sistema de Gestão Ambiental que demonstra o compromisso voluntário com o desempenho ambiental de uma organização], e com Bandeira Azul, já há 19 anos. Toda essa componente está presente na nossa gestão diária e na procura pela melhoria contínua dos nossos serviços».

Ainda nas palavras do subdiretor, «este é mais um meio para os nossos clientes se divertirem com muita adrenalina. Seguramente que estes karts elétricos vão acentuar ainda mais a procura pela Marina» de Albufeira.

Ricardo José e João Bento.

Também o diretor técnico seguiu a mesma linha de pensamento: «sem dúvida que esta requalificação nos vai trazer mais turistas, uma vez que somos muito procurados pela comunidade britânica que está muito orientada para estes desportos motorizados. É uma inovação que está de acordo com a ordem do dia que é a descarbonização. A preocupação ambiental para nós é importante e queremos, cada vez mais, dar bons exemplos de boas práticas, não só para melhorar a qualidade do ambiente, como também a vida dos cidadãos».

O novo Kartódromo de Albufeira está aberto de quinta a segunda-feira, das 12h00 às 18h00, encerrando na terça e quarta-feira. Qualquer pessoa acima dos 12 anos pode experimentar o desporto, uma vez que todos os karts têm assentos e volantes que se adaptam a qualquer altura. Quem conseguir fazer os melhores tempos, tem a oportunidade de entrar para o pódio dos campeões.

Todas as reservas podem ser feitas online  e os preços variam conforme o tempo: 10 minutos (20 euros), 15 minutos (25 euros) e 20 minutos (30 euros).

2021 trouxe aumento de receitas à Marina

Questionado sobre como foram os últimos dois verões, uma vez que decorreram em plena pandemia de COVID-19, Ricardo Jorge, subdiretor da Marina de Albufeira, contou ao barlavento que os valores de 2021 foram muito próximos de 2019.

«Em todos os níveis da área económica tivemos um aumento significativo, tanto na procura como na receita. Houve mais pessoas a visitar a Marina, em comparação com o ano anterior e tivemos um crescente com valores aproximados da pré-pandemia».

Assim, «2021 foi um ano com bastante procura. Estamos em novembro e ainda temos boa procura quer na restauração, quer nas operações marítimo-turísticas, quer nas atividades primárias da Marina. Em termos de ocupação, estamos a 100 por cento, o que é um fator bastante positivo tendo em conta os tempos atuais. Penso que toda esta procura é fruto de sermos um país seguro e que se recomenda lá fora. Aliado a isso, somos a Marina mais segura e protegida do país, com uma componente de atividades acessórias interessantes, como é o caso deste karting, que é mais um ex-líbris», disse.

Já em relação a antevisões do próximo verão de 2022, João Bento, diretor técnico da Marina de Albufeira, apontou que «qualquer resposta que se dê é estar a fazer futurismo. Com a COVID-19 não sabemos como será o próximo verão». Até porque, «os casos estão a aumentar».

No entanto, de acordo com o responsável, «estamos em crer que se tudo tiver um evoluir bem com a vacinação, pensamos que quando abrirmos sem restrições, vamos ter seguramente aqui muitas pessoas».