Grande Prémio de MotoGP gerou quase €7 milhões de retorno

  • Print Icon

A Análise Mediamonitor | Marktest calcula que o Grande Prémio de MotoGP em Portimão gerou quase 7 milhões de retorno mediático nos media nacionais.

Análise do serviço Clipping Mediamonitor, do Grupo Marktest, identificou 1.599 notícias relacionadas com o evento na última semana.

Meios online tiveram maior volume de notícias, mas televisão liderou de forma destacada o retorno mediático.

O Grande Prémio de MotoGP regressou a Portugal, mais propriamente ao Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, e voltou a suscitar forte interesse mediático em torno da prova: o evento que se realizou no domingo, dia 18 de abril, gerou quase 1.600 notícias nos meios de comunicação portugueses.

De acordo com o serviço Clipping Mediamonitor, do Grupo Marktest, na semana decorrida entre 14 e 20 de abril foram identificadas 1.599 notícias nos media portugueses, o que representou um retorno financeiro de 6,632 milhões de euros.

A análise da Mediamonitor constata que a larga maioria das notícias foi publicada em suportes online (1.135), a grande distância da imprensa (67 notícias), da rádio (101) e da televisão (296).

Ainda assim, foi a televisão que liderou o retorno mediático associado à competição: as 296 notícias identificadas em canais nacionais traduzem um retorno estimado em mais de 4,3 milhões de euros, o que significa dois terços (66 por cento) do retorno financeiro total que o evento gerou nos media portugueses.

No que respeita à distribuição das notícias ao longo da semana, o sábado (327 notícias) e o domingo (388) foram, sem surpresa, os dias em que foram identificadas mais notícias sobre a prova.

Constituído em 1980, o Grupo Marktest é especializado em estudos de mercado e processamento de Informação.

Hoje, é mesmo o grupo português com maior projeção nacional e internacional na sua área de atuação.

A atividade do grupo abrange vários segmentos como a medição de audiências de meios, monitorização de investimentos publicitários, estudos regulares (barómetros) nas áreas das Public Relations, telecomunicações, banca, seguros, distribuição moderna, painéis na área da Internet e estudos de pricing e auditoria de retalho.

Integrada com estas atividades, o grupo criou ainda uma forte área de desenvolvimento de software que tem permitido o seu crescimento baseado na qualidade, inovação e afirmação no mercado nacional, bem como numa sustentada expansão internacional.