Centena de atletas de 80 países disputam Loulé Open ATP World

  • Print Icon

O Clube de Ténis de Loulé promove, de 8 a 15 de março, nos courts de ténis da cidade, mais uma edição do Loulé Open.

No ano de 2020, dando sequência aos nove anos anteriores, surgiu novamente a oportunidade do clube organizar um Torneio Internacional Masculino (ITF FUTURE – ATP WORLD), sendo um dos torneios de angariação de pontos ATP e que serve de rampa de lançamento para melhores rankings mundiais.

A prova contará com a participação de cerca de uma centena de atletas de 80 países, como a Austrália, Bélgica, Brasil, Espanha, Estados Unidos da América, Inglaterra, Suíça, entre outros.

Este é um torneio que envolve uma logística e encargos consideráveis durante 10 dias, desde logo o Prize Money, mas também equipas de arbitragem, diretor do torneio, equipa médica, comunicação social, publicidade e tudo o que respeita ao acompanhamento dos atletas.

O Loulé Open não se limita a ser apenas mais um torneio de ténis pois tem uma envolvência muito grande na cidade e no concelho.

Deste modo, estão previstas ações promocionais nas escolas da cidade e no Designer Outlet Algarve.

Por outro lado, para o dia 13 de março, está agendada uma tertúlia no emblemático Café Calcinha com Rui Machado, responsável da Federação Portuguesa de Ténis, diretor técnico e selecionador nacional.

Irá decorrer também uma formação para os treinadores poderem melhorar os seus conhecimentos sobre ténis e não só.

Está prevista ainda uma Funzone onde as crianças das escolas do concelho de Loulé terão a oportunidade de experimentar o ténis e ficar a conhecer algo mais sobre a modalidade.

Na edição do ano passado assistiram à final do Loulé Open cerca de um milhar de pessoas e muitas outras passaram durante a semana por este evento. Um público vindo de vários pontos do país e de Espanha.

Os responsáveis da Federação Portuguesa de Ténis já consideraram este como o melhor Torneio M15 em Portugal e um dos melhores da Europa em termos organizativos.

«Após o sucesso verificado nos últimos anos, sobretudo em 2015, quando Loulé foi Cidade Europeia do Desporto, o que originou uma grande mobilização de todo o concelho e primordialmente da Câmara Municipal de Loulé no desenvolvimento das atividades desportivas e valorização das próprias infraestruturas desportivas já existentes, entre 2016 e 2019, deu sequência aos mesmos objetivos. Em 2020, espera-se que o torneio continue a ter o sucesso dos anos anteriores», consideram os responsáveis organizativos da prova.

O evento conta como principais parceiros com a Câmara Municipal de Loulé, a Federação Portuguesa de Ténis, a Cimpor, a BMW, Letra 7, IPDJ, Região Turismo do Algarve, Wilson, Continente e muitos outros.

Já passaram pelos courts de Loulé vários jogadores que agora estão a jogar nos maiores torneios mundiais, tais como Ymer Elias, Alejandro Davidovich Fokina, Alexei Popyrin, Pedro Sousa, Federico Silva, Gonçalo Oliveira e João Domingues.

Marko Djokovic, irmão do atual número 1 do ténis mundial, que por aqui passou em 2006, confidenciou que este foi um dos torneios em que sentiu mais bem recebido.