Câmara Municipal de Lagos mantém apoio ao desporto no concelho

  • Print Icon

Autarquia lacobrigense aprovou a proposta de apoios a atribuir ao associativismo desportivo na próxima época desportiva, no âmbito do seu Programa de Apoio ao Desporto (PAD) 2022/2023, que tem inerente um orçamento de 1,5 milhões de euros.

A verba será aplicada maioritariamente no apoio à atividade federativa e associativa, mas também na construção, ampliação e reabilitação de instalações desportivas, assim como em financiamento a eventos, projetos inovadores e patrocínio desportivo.

Enquadrado no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo do Município de Lagos e decorrente da política desportiva municipal, o PAD é um instrumento que tem como objetivos incrementar a formação desportiva de crianças e jovens, melhorar a qualidade e as práticas desportivas, proporcionar experiências cognitivas e motoras ricas e variadas, que proporcionem a aquisição de competências fundamentais para a prática de uma ou mais modalidades desportivas, articular o Desporto Escolar e o Associativismo Desportivo, orientar vocações e premiar o mérito desportivo, e fomentar uma competição desportiva salutar, no respeito pelos valores universais do desporto.

Resultante de um processo permanente de diálogo, auscultação, monitorização e avaliação, estabelecido com os vários agentes desportivos, o PAD para 2022/2023 mantém, como grandes linhas de atuação, o apoio à atividade federativa e associativa (Medida 1), que inclui a cedência gratuita de instalações para treinos e competição, representando um encargo estimado de 539 mil euros, e o apoio financeiro aos encargos com taxas federativas, mensalidades, transportes, equipa técnica, formação de técnicos e dirigentes, entre outros, o que representa cerca de 267 mil euros de despesa.

Outra vertente crucial para o desenvolvimento da prática desportiva é a existência de boas condições físicas, especialmente no que respeita às modalidades desenvolvidas em instalações próprias. Para essa área, o município prevê apoiar a construção, ampliação e a reabilitação de instalações desportivas e respetivo apetrechamento (Medida 2, dotada com 300 mil euros).

A autarquia mantém, igualmente, a intenção de apoiar a realização de grandes eventos desportivos ou atividades pontuais relevantes (Medida 3), disponibilizando uma verba de 200 mil euros, e de cofinanciar o desenvolvimento de projetos inovadores junto da comunidade (Medida 4, dotada de 10 mil euros).

A verba para o patrocínio desportivo (Medida 5) será de 190 mil euros e destina-se a apoiar atletas e equipas que se destaquem pelo mérito, desempenho e resultados em competições oficiais federadas, de âmbito nacional e internacional.

A estes apoios de natureza financeira acrescem a cedência de transportes municipais, imprescindíveis para a participação nas competições, e a disponibilização de apoio logístico às atividades dos clubes.

As candidaturas ao PAD decorrem até final do próximo mês de agosto, sendo abertas à participação de clubes e associações desportivas sediadas no concelho de Lagos que possuam atividade desportiva regular.

O documento está agora pendente de apreciação e aprovação da Assembleia Municipal de Lagos no que respeita aos compromissos financeiros plurianuais.