André Vieira (Farense) luta contra problema oncológico

  • Print Icon

Médio da equipa de Faro já foi operado e «encontra-se bem».

O diário desportivo Record noticiou a delicada situação de saúde que André Vieira enfrenta atualmente, hoje confirmada pelo Sporting Clube Farense. Segundo aquele meio de comunicação, «o jogador foi operado há cerca de 15 dias a um problema oncológico».

Em comunicado na sua página oficial de Facebook, a equipa de Faro procurou «esclarecer que o atleta André Vieira teve recentemente um problema de saúde», ressalvando que o jogador, neste momento, «encontra-se bem».

O conjunto algarvio mostra ainda confiança de que o jovem de 26 anos «voltará a fazer o que mais gosta, jogar futebol», num desejo que se estende a «sócios, adeptos, atletas e toda a estrutura» do Farense, ressalvando que, «acima de tudo, o importante é a felicidade do André Vieira e da sua família».

O timoneiro dos algarvios, Sérgio Vieira já tinha, em entrevista ao novo canal 11, afirmado que «o André tem sido um guerreiro, e pela forma como tem encarado o problema, tudo leva a crer que voltará em breve».

O desportivo Record indica ainda que o desportista deverá «retomar os treinos em setembro».

Pedro Proença, presidente da Liga Portugal, fez questão de desejar «as rápidas melhoras» a André Vieira, no site oficial da Liga.

«O André é um jovem, um profissional de Futebol, e estou certo que tudo fará para recuperar rapidamente. Vamos tê-lo em breve nos relvados e espero que se encontre bem, depois de dias que não terão sido nada fáceis. O fundamental, agora, é tratar da sua saúde”, referiu o dirigente.

Recorde-se que no dia 27 de julho André Vieira alinhou na partida entre Académica e Farense, tendo apontado um golo.

O «barlavento» deseja as rápidas melhoras ao atleta e ser humano André Vieira.

Atualização: André Vieira reagiu às notícias afirmando que «não tem cancro» e explicando o processo que levou à sua paragem.

Segundo o jovem jogador, foi-lhe aconselhada, por um dermatologista, a retirada «de um sinal que já era feio e estranho».

Dada a complexidade da cirurgia, que envolveu a retirada de pele «de outra zona para fazer o enxerto», o jogador afirma necessitar «de mais tempo para que a perna volte ao normal e possa voltar aos relvados».

André Vieira afirma ter feito as coisas «a tempo de evitar problemas cancerígenos e futuros», garantindo que «está tudo bem».