ACD-CHE Lagoense ultrapassa fasquia dos 300 títulos em Badminton

  • Print Icon

Instituição do Parchal somou três novos títulos ao palmarés que a distingue no badminton e que pode voltar a crescer já no próximo fim de semana.

O município de Lagoa, na pessoa do seu presidente, Luís Encarnação, também responsável pelo pelouro do desporto, felicitou «a ACD-CHE Lagoense, os atletas e todos os que contribuíram, direta ou indiretamente, para os títulos alcançados, pelos resultados obtidos durante o fim de semana de 5 e 6 de dezembro, na final do Campeonato Nacional de Seniores», organizado pela Federação Portuguesa de Badminton.

O autarca expressou ainda os seus votos «de novos sucessos nas próximas provas do calendário oficial da modalidade, a disputar no próximo fim de semana no Centro de Alto Rendimento das Caldas da Rainha».

Os três títulos do Campeonato nacional 2019/20 já arrecadados pela Associação Cultural e Desportiva-CHE Lagoense pertencem ao atleta Bernardo Atilano, na categoria de seniores singulares masculinos, ao mesmo atleta em pares mistos com Mariana Chan e a Tomás Nero e Bruno Carvalho, na categoria de pares homens.

José Armando, presidente da ACD-CHE Lagoense, agradecendo as felicitações do presidente do município, não escondeu as esperanças que deposita «em futuros resultados desportivos em badminton».

Para além do Campeonato Nacional de Não Seniores que se disputa a 19 e 20 de dezembro, de novo nas Caldas da Rainha, o dirigente associativo continua com os olhos postos «num possível apuramento de Bernardo Atilano nos próximos Jogos Olímpicos do Japão».

A autarquia lembra que o badminton «é uma modalidade estratégica para o concelho, tendo já contribuído para três presenças de Lagoa nos Jogos Olímpicos de 2012 e de 2016, através dos atletas da ACD-CHE Lagoense, Pedro Martins e Telma Santos».