«A Copa do Guadiana» transforma VRSA na capital do futebol juvenil

  • Print Icon

Evento terá mais de 3300 participantes.

O Complexo Desportivo de Vila Real de Santo António (VRSA) recebe a partir de amanhã, dia 25 de junho, e até 3 de julho, a oitava edição de «A Copa do Guadiana», o maior torneio nacional de futebol realizado num só concelho.

A edição de 2022 contará com a presença de 210 equipas, onde se inclui uma formação da Suécia, uma equipa de Espanha e oito equipas do Canadá, reunindo mais de 3300 participantes entre atletas e staff.

A competição está dividida em nove escalões: sub-8 (futebol 5), 9, 10, 11, 12 e 13 (futebol 7 e 11), sub-15 e sub-17 (futebol 11), estando reunidas todas as condições para jogos ao mais alto nível com jovens entre os sete e os 17 anos.

Este ano, o torneio será dividido em três momentos. De 25 a 28 de junho (futebol 11) estarão em competição os escalões de Juvenis (atletas nascidos em 2005/2006), Iniciados (atletas nascidos em 2007/2008) e Infantis A (atletas nascidos em 2009). Já entre 28 junho e 1 de julho (futebol 7) estarão em campo os escalões de Infantis A (atletas nascidos em 2009), Infantis B (atletas nascidos em 2010) e Benjamins A (atletas nascidos em 2011).

Por fim, entre 1 e 3 de julho (futebol 7 e futebol 5) competem os escalões de Benjamins B (atletas nascidos em 2012), Traquinas A (atletas nascidos em 2013) e Traquinas B (atletas nascidos em 2014).

Pela primeira vez, o torneio prevê a participação de uma equipa canadiana totalmente constituída por atletas femininas, nascidas em 2010/2011, que irão competir no escalão de 2011.

Os jogos terão lugar no Complexo Desportivo de Vila Real de Santo António, Campo Francisco Gomes Socorro e Complexo Desportivo de Monte Gordo, decorrendo diariamente entre as 8h30 e as 21h00.

No dia 28 de junho, às 18h30, após o término das finais, irá realizar-se um desfile com as equipas participantes de futebol 11 e futebol 7, promovendo o convívio e o clima de festa entre todos os participantes.

Este momento repete-se no dia 1 de julho, também às 18h30, com as finais dos escalões de sub-13, 12 e 11 e o desfile das equipas de sub-10, 9 e 8.

Para a organização da Copa do Guadiana, «depois de um interregno de dois anos devido à pandemia COVID-19, voltam a estar criadas todas as condições para a concretização de grandes momentos futebolísticos, juntando as futuras promessas do futebol e os melhores clubes da atualidade».

Estão alocadas ao evento cerca de 80 pessoas para suporte e apoio, nomeadamente ao nível técnico. Durante toda a prova, será criada a linha «Copa do Guadiana Bus» para transportar os milhares de atletas entre os alojamentos e os locais dos jogos.