Portimão será palco do Prémio Museu Europeu do ano em 2024

  • Print Icon

O município de Portimão assinou ontem, dia 17 de novembro, o acordo de parceria com o European Museum Forum (EMF), para acolher o Prémio Museu Europeu do ano em 2024.

Jette Sandahl, presidente da direção do European Museum Forum (EMF) e Isilda Gomes, presidente da Câmara Municipal de Portimão, marcaram assim a formalização da candidatura de Portimão e do seu Museu, como os locais escolhidos para a futura realização do mais relevante evento anual de atribuição dos prémios da museologia europeia o European Museum of the Year Award (EMYA), ou seja, o Prémio Museu Europeu do Ano, em 2024.

Depois desta cidade algarvia ter visto o evento cancelado em 2021, devido à pandemia, houve a necessidade de reformular todo o processo de candidatura e Portimão vai acolher em 2024, a Conferência e a Cerimónia de Entrega dos Prémios Museu Europeu do Ano, após a cerimónia de assinatura do Acordo de Parceria entre as duas entidades.

Segundo Isilda Gomes, «enquanto território de intenso cruzamento de civilizações, povos e culturas, Portimão é uma cidade que recebe e acolhe centenas de milhares de turistas todos os anos, empenhada na divulgação e na valorização da sua singularidade histórica e social e, este novo prémio pretende ser no quadro da museologia europeia, igualmente um reflexo e uma extensão dessa dimensão de bem receber e acolher, que Portimão pratica. Estão desde já todos convidados para o Prémio Museu Europeu do Ano EMYA 2024, em Portimão, ano em que se celebra também os 100 anos de elevação de Portimão a cidade».

O Prémio Museu Europeu do Ano (European Museum of the Year Award ou EMYA, é o principal e o mais antigo dos galardões atribuídos pelo Fórum Europeu de Museus e também o mais prestigiado na Europa.

Criado para reconhecer a excelência no sector museológico europeu e promover processos inovadores e de excelência, o prémio é atribuído desde 1977, data da fundação do Fórum Europeu dos Museus, igualmente apoiado pelo Conselho da Europa.

A parceria agora estabelecida prevê que em maio de 2024, a Conferência Europeia Inovação em Museus e a Cerimónia de Entrega dos Prémios Museu Europeu do Ano, sejam dois importantes momentos do EMYA 2024 em Portimão e para os quais se poderão candidatar e inscrever no próximo ano todos os museus europeus, dos 46 países pertencentes do Conselho da Europa, que forem inaugurados ou tenham sido substancialmente renovados desde 2020, como potenciais candidatos a vencedores nas sete categorias de prémios, do quais se destacam o Prémio Museu Europeu do Ano e o Prémio Museu Conselho da Europa.

José Gameiro.

Desde que recebeu em 2010, o prestigiante Prémio Museu Conselho da Europa, o Museu de Portimão tem vindo a estabelecer uma estreita ligação europeia com o EMF.

Essa ligação tem-se mantido através da participação do seu diretor científico José Gameiro, desde 2011, como ativo membro do júri do EMYA, no qual igualmente exerceu a presidência do mesmo entre 2015 e 2018.

Mais recentemente, em 2018, um outro acordo de parceria entre o município de Portimão e o European Museum Forum, permitiu a instalação da sede do secretariado do EMF e do seu arquivo histórico no Museu de Portimão e no seu Centro de Documentação.

O Museu de Portimão passou igualmente a ser desde 2019, o local da reunião anual do júri do EMYA, para a seleção e escolha dos museus premiados, atividade que ocorre novamente este ano, entre 17 e 19 de novembro.

Deste modo, é toda a história deste Prémio Europeu e a documentação das centenas de museus candidatos, nomeados e premiados, ao longo dos seus 45 anos da sua existência (1977-2022) que, de Liverpool, Berlim e Milão vieram para Portimão onde estão a ser organizados e preparados para posterior acesso público.

Igualmente e fruto dessa parceria, foi criado o Prémio Museu Portimão, uma nova categoria através da qual, se pretende distinguir anualmente o museu mais acolhedor e inclusivo da Europa.

Na cerimónia ocorrida ontem, estiveram presentes os membros do júri do EMYA, que se encontram na cidade de Portimão com o intuito de iniciar a sua reunião anual e decidir quais os museus a anunciar, em maio do próximo ano, no EMYA 2023 que se realizará na cidade de Barcelona.