Nasce em Faro a Escola de Música Moderna do Sul

  • Print Icon

Nasce a em Faro a Escola de Música Moderna do Sul (EMMS), um novo projeto da Associação de Músicos que aposta numa oferta diferente para os mais jovens.

A Associação Recreativa e Cultural de Músicos (ARCM), com sede no edifício conhecido por Antiga Fábrica da Cerveja, em Faro, é conhecida por ser a casa de muitos músicos algarvios e pela dinâmica associativa que tem revelado através de uma oferta cultural aberta a todos os públicos.

Com três palcos e 14 salas de ensaio, géneros musicais como o rock, jazz, punk, metal, hip-hop, música experimental e jam sessions tomam forma nesta associação.

«Uma vez que o percurso artístico de grande parte dos seus associados não passou obrigatoriamente pelo ensino musical na sua forma clássica, muitos destes músicos procuram formas alternativas do ensino da música, nascendo assim a ideia de criar uma escola de música com oferta de formação em diversas áreas da música moderna», afirma João Melro, presidente da ARCM.

«Vamos ter uma escola para todas as idades com o Curso de Iniciação Musical, o Curso de Música Moderna e o Curso Livre de Instrumento, aulas de canto, bateria, guitarra, saxofone, piano, contrabaixo, baixo e trompete», acrescenta o diretor da EMMS, Ricardo Coelho, professor de Formação Musical e pianista.

Nasce a em Faro a Escola de Música Moderna do Sul (EMMS), um novo projeto da Associação de Músicos que aposta numa oferta diferente para os mais jovens.

A escola conta ainda com José Eduardo, um dos fundadores da Escola do Hot Club em Portugal, como assessor pedagógico da EMMS e Sónia Cabrita como professora de Bateria, entre outros professores com grande experiência no ensino da música.

A escola vai ser apresentada na quarta-feira, dia 15 de setembro.

«Não queremos perder a oportunidade para fazer uma apresentação oficial desta escola que tanto nos orgulha. A conferência terá lugar na Sala SIGA e assinala também o encerramento da nossa Feira Kriativa onde passaram mais de 200 artistas, com mais de 30 concertos, em grande parte de originais, numa envolvência cénica verdadeiramente criativa, e que, cada vez mais, mostra a força cultural e de produção da ARCM», aponta João Melro.

As inscrições para a Escola de Música Moderna do Sul serão a partir de dia 15 setembro na sede da ARCM.

As aulas têm o início previsto para o dia 4 de outubro.

Para mais informações sobre a escola, o presidente sugere que o público siga as redes sociais, tanto da escola, como da própria associação ou através de mail (arcm.emms@gmail.com).