Choque Frontal regressa aos concertos em formato ao vivo

  • Print Icon

O regresso do Choque Frontal ao vivo com Reflect, Bite The Blue Lemon, The Black Teddys e Gato Morto.

O Choque Frontal ao Vivo, regressa dia 15 de setembro ao TEMPO – Teatro Municipal de Portimão ao som do Hip-Hop/Rap, com Reflect.

O jovem músico algarvio, a solo ou em parceria, já pisou alguns dos maiores palcos do país: MEO Sudoeste, Festival Iminente, Hard Club, Casa da Música, Festival MED, Festival da Sardinha, Fatacil, TEMPO, Teatro das Figuras, entre muitos outros.

Em 2018 o seu tema «Barco de Papel», foi distinguido com o Prémio Melhor Música Algarve 2018, pelo Choque Frontal ao Vivo.

O Hip-Hop/Rap de Reflect não tem rótulos nem fronteiras. Vive de emoção que, não cabendo no Pedro, transborda em músicas que dá a conhecer ao mundo desde 2003.

Reflect.

No dia 13 de outubro, o Choque Frontal ao Vivo, recebe Bite The Blue Lemon.

Esta banda algarvia que lançou o seu primeiro álbum em 2021, é uma junção eclética de gostos musicais e espíritos afins, entre o country e o rock.

A 17 de novembro, chega da banda Indie Rock formada em 2015 e influenciada pelo panorama rock e pop dos anos 1960 aos anos 1980, The Black Teddys.

Em 2017 lançaram o seu primeiro EP chamado «Midnight Struggles», a que se seguiu em 2018 o primeiro LP da banda «The Black Teddys».

The Black Teddys.

Em 2019 a banda sagrou-se vencedora do concurso «Música JÁ» o que lhes permitiu pisar pela primeira vez o palco do Festival F e gravar o seu segundo EP «Star-Crossed Voyager».

O ano de 2021, não encerra sem a estreia Mundial em palco, do novo projeto musical e pessoal de Elísio Donas, um dos elementos dos Ornatos Violeta.

Mais do que uma banda e sem pressas ou pressões externas, o Gato Morto é um coletivo artístico e uma forma de estar na vida e na arte.

Partindo das suas músicas e canções e de um universo muito próprio, o Gato Morto é também um coletivo algo mutável, ao contar com participações, ao longo dos diferentes temas e etapas, de várias pessoas que foram encontrando ao longo dos anos e com elas estabelecendo relações de sentida amizade, empatia musical e pessoal, que vão desde músicos, técnicos e criadores, das mais variadas áreas de expressão artística e cultural.

Choque Frontal ao Vivo é, provavelmente, o programa de rádio mais original a sul do Tejo.

Mensalmente 125 pessoas são convidadas a assistir e a conviver com os artistas neste programa da Alvor FM.

O Teatro TEMPO em Portimão é palco deste programa de rádio, da celebração desta jam session de artistas, onde outras formas de arte também têm o seu lugar.

A gravação realizada ao vivo vai para o «ar» no sábado seguinte na ALVOR FM.

A realização, produção e apresentação é de Júlio Ferreira e Ricardo Coelho.