Albufeira expõe as «Tintas de Esperança» de Zorba

  • Print Icon

Exposição decorre sob fortes medidas de segurança devido à COVID-19.

A exposição «Tintas de Esperança», da autoria do artista Zorba, vai estar patente ao público de 3 a 31 de agosto, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h30, na Galeria de Arte Pintor Samora Barros, em Albufeira.

No âmbito das medidas de segurança implementadas devido à COVID-19, os visitantes deverão aguardar pela indicação do funcionário para entrar no espaço, usar máscara, higienizar as mãos à entrada e respeitar o distanciamento social de dois metros, sendo apenas permitida a permanência de duas pessoas em simultâneo, durante o máximo de 30 minutos.

Zorba (Luís Romão) nasceu em Lisboa em 1970, mas reside em Albufeira desde os dois anos de idade, considerando-se «algarvio e albufeirense convicto». O município revela que o artista «sempre gostou de pintura e em meados de 2001 começou a sua experiência no mundo das artes como autodidata».

Há sensivelmente dez anos passou a assumir a pintura como atividade quase diária. Sem formação técnica, «utiliza muito pouco os pincéis, uma vez que lhe interessa essencialmente as texturas e movimentos que os materiais possam criar quando utilizados de forma grosseira»

As espátulas, a projeção de tinta ou drip painting são alguns dos mecanismos utilizados para chegar ao objetivo, quase sempre final e não pré-definido.

Participou no concurso/exposição «Cores e Formas dos Nossos Artistas» em Albufeira em 2006, 2011, 2014 e 2016, sendo que em 2011 ficou classificado em 3º lugar, com a tela «Self-Portrait».