Vila Real aprova plano de salvaguarda do núcleo pombalino

  • Print Icon

A autarquia pretende, com este plano, implementar «estratégias que permitam a transformação do espaço urbano numa referência de qualidade, a qual deverá decorrer da valorização sustentada do seu ímpar património urbanístico e arquitectónico», diz a Câmara em comunicado divulgado esta sexta-feira.

O plano define regras para salvaguardar e valorizar o património urbanístico e arquitectónico, mediante a definição de usos e normas adequadas às suas características morfológicas, assim como o estabelecimento de estratégias de actuação com vista à recuperação e valorização integral do núcleo urbano.

O plano foi elaborado por uma equipa da Universidade de Coimbra, chefiada por Walter Rossa, e teve a colaboração do Centro de Estudos de Direito do Ordenamento, do Urbanismo e do Ambiente da mesma Universidade.