Sócrates critica “lágrimas de crocodilo” a propósito de funcionários públicos

  • Print Icon

Embora sem referir nomes, Sócrates reagia às declarações proferidas terça-feira pelo líder do PSD, Marques Mendes, que disse que o Governo devia estimu lar os funcionários do Estado em vez de os hostilizar.

“O que é espantoso é assistir a forma comovida e até desvanecida com qu e alguns agora vêm à televisão chorar lágrimas de crocodilo a propósito dos funcionários públicos”, ironizou.

Discursando em Faro durante um jantar de apresentação da sua moção ao próximo congresso do partido, o secretário-geral do PS criticou os que aparecem agora como “paladinos” dos funcionários públicos.

“Ainda há três anos quando estavam no governo a única coisa que se lembraram de fazer foi congelar-lhes o vencimento”, sublinhou, lembrando que há meno s tempo ainda defendiam que era preciso despedir funcionários públicos.

“Esses que aparecem agora em sua defesa são exactamente os mesmos que ainda há um mês atrás diziam que para reestruturar da Administração Pública era preciso despedir funcionários públicos”, concluiu.