Nó de Alcantarilha da Via do Infante fustigado por temporal

  • Print Icon

A queda de 50 metros de barreira acústica ao longo da Via do Infante foi a situação mais grave registada na zona de Alcantarilha, junto ao nó de ligação à EN 125.

No entanto, não se registaram quaisquer acidentes devido à remoção imediata dos destroços das barreiras, feita pela Euroscut, sociedade concessionária da scut do Algarve.

Três colunas de iluminação da auto-estrada ficaram também inclinadas devido às fortes rajadas de vento, mas foram já retiradas por questões de segurança.

Alexandra Amorim da Emirec (empresa de assessoria de imprensa da Euroscut) explicou ao barlavento.online que «a intervenção imediata no local» feita pela Euroscut impediu que danos maiores se registassem.

Garantiu ainda que «todos os materiais danificados estão a ser repostos».