Via Algarviana renova imagem online com novo website

  • Print Icon

Via Algarviana apresenta um novo website, orientado para uma melhor experiência do utilizador e com imagem mais atual.

Além de renovar a sua presença online, permite uma navegação mais fácil e intuitiva e com os conteúdos mais procurados pelos visitantes da Via Algarviana.

A renovação desta plataforma de comunicação, que recebe anualmente milhares de visitas, pretende corresponder às exigências atuais dos utilizadores, para uma utilização mais prática, atrativa e com mais funcionalidades disponíveis.

Além da informação completa sobre os vários percursos, com itinerários, pontos de interesse, mapas detalhados e todas as infraestruturas que compõem o «Território Via Algarviana», foram criadas também algumas novas áreas.

Na nova plataforma destaca-se a secção «Planear», que responde às perguntas mais frequentes dos visitantes e facilita a organização da viagem para os praticantes de caminhada e de BTT: como preparar a viagem, onde comer e dormir, que apoios pode encontrar no percurso, por exemplo.

Com o mesmo objetivo será lançada brevemente uma área para parceiros, que envolve as empresas de alojamento, restauração e outros serviços turísticos que operam na Via Algarviana.

Nesta secção os visitantes poderão, futuramente, fazer as suas reservas com as empresas diretamente no site.

A navegação no novo website, com layout responsive, adapta-se a vários dispositivos (desktop, smartphone ou tablet) e está disponível, numa fase inicial, em português e inglês, sendo nos próximos meses alargada a mais quatro idiomas: francês, espanhol, alemão e holandês.

Com uma estrutura dinâmica e em constante atualização, esta ferramenta de comunicação integra os objetivos de valorização do interior do Algarve e dos seus recursos e de promoção do território como destino de excelência no âmbito do Turismo de Natureza, sustentado na autenticidade e no turismo responsável, que de resto caracterizam a GR13 – Via Algarviana.

Até ao final do ano, serão várias as novidades a apresentar, dando continuidade ao repto lançado em maio passado, com a campanha «É tempo de voltar».

Numa altura em que se aproxima a época mais favorável à prática de atividades nos segmentos Walking & Cycling, pretende-se que seja um estímulo para receber novos visitantes nos meses que se avizinham.

Este investimento representa mais um passo na estratégia de renovação e alargamento dos materiais de promoção da Via Algarviana, desenvolvida no âmbito da candidatura «Via Algarviana – (Des)envolvendo o Interior do Algarve», em execução com o financiamento do Turismo de Portugal, incluída na Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, e em parceria com os 13 municípios parceiros que agregam o Território Via Algarviana (Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira e Vila do Bispo).

O desenvolvimento deste trabalho tem sido realizado pela empresa Visualforma em estreita colaboração com a equipa de gestão da Via Algarviana e ainda com a cooperação de sócios da Associação Almargem, entidade responsável pela gestão e manutenção da Via Algarviana, no âmbito da otimização do website e na tradução de conteúdos.

O novo website foi lançado hoje, dia 9 de setembro.

Sobre a GR13 – Via Algarviana

A GR13 – E9 «Via Algarviana» liga Alcoutim ao Cabo de São Vicente, numa extensão de cerca de 300 quilómetros percorrendo os territórios de Baixa Densidade.

A Via Algarviana, neste momento, além do seu eixo principal, apresenta uma grande rede de produtos complementares englobando assim 13 concelhos do Algarve (Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira e Vila do Bispo).

O projeto Via Algarviana tem contribuído para o desenvolvimento de uma rede de percursos pedestres no Algarve, devidamente sinalizados e divulgados, e tem levado a cabo a missão de promover o património natural e cultural do interior algarvio, com a dinamização de serviços de alojamento e restauração, levando cada vez mais visitantes ao «Território Via Algarviana», localizado no interior algarvio.